Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

domingo, 26 de maio de 2019

WLM Ind Com (WLMM)


Recomendações

Carteiras
BAC 1000 (abr/16, mai/16out/17) - FoxHoundBR (out/17) - Jonas_Schwingel (abr/16mai/16) - paulo_prof (mai/17) - PURAT (fev/17) - SIQUEIRA CAMPOS (abr/16, mai/16)
Balanços
1T2019 -
paulo_prof   -
Resultados consistentes. Ativo está barato.

A2018/4T2018 -
Paulo Prof - 
Definitvamente, a empresa parece ter completado o turn around. Fixando a atenção nos resultados do 2o. semestre, muito consistentes e que deverão crescer, acho que a empresa pode estar barata.

3T2018 -
marcosvinicius2 -
PAPEL SOBREVALORIZADO ( * ). Ebitda(Lajida) = A geração operacional de caixa da WLM medida pelo Ebitda(sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização –Lajida) totalizou R$ 8,9 milhões no terceiro trimestre de 2018, montante 4,2 vezes e 97,1 vezes superior aos R$ 2,1 milhões e R$ 0,09 milhão registrados no 3T17 e 2T18, respectivamente. O Ebitda acumulado nos nove primeiros meses de 2018 atingiu R$ 13,5 milhões, resultado 6,2 vezes acima dos R$ 2,1 milhões reportados no mesmo período de 2017, enquanto a margem do período atingiu 2,6%, 2,0 p.p. acima da margem de 0,6% registrada no 9M17; Resultado Líquido = A partir do aumento na quantidade de caminhões e chassis de ônibus comercializados no trimestre e da manutenção do forte trabalho visando efetivo controle de custos e despesas nos últimos anos, a WLM atingiu resultado líquidode R$ 6,7milhões no terceiro trimestre de 2018. O desempenho é 3,1vezes superior aos R$ 2,2 milhões registrados no 3T17 e reversão do resultado negativo de R$ 1,0 milhão do trimestre anterior. A margem líquida alcançada no 3T18 foi de 3,6%, avanço de 1,6p.p. frente ao mesmo período do ano anterior e melhora de 4,2p.p. na comparação com a margem negativa do trimestre imediatamente anterior.

3T2017 -
marcosvinicius2  -
PAPEL SOBREVALORIZADO ( * ). RESULTADO LIQUIDO DO 3T17 MELHOROU EM RELAÇÃO AO 2T17 E MELHOROU (TAMBEM) NA COMPARAÇÃO COM O 3T16. DOS ULTIMOS 45 TRIMESTRES, 09 APRESENTARAM LUCRO LIQUIDO NEGATIVO (20,0000%). RECEITA OPERACIONAL = A RECEITA OPERACIONAL BRUTA DA WLM ATINGIU R$ 118,9 MILHÕES, O QUE REPRESENTA QUEDA DE 3,3% NA COMPARAÇÃO COM OS R$ 122,9 MILHÕES ALCANÇADOS NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2016 E 17,3% INFERIOR AOS R$ 143,7 MILHÕES DO TRIMESTRE IMEDIATAMENTE ANTERIOR.

1T2016 -
Jonas_Schwingel  -
Resultado péssimo de SGAS4, assim como muitos outros. Pelo jeito o ponto de inflexão nos resultados é bem mais em baixo. Resultados trimestrais da empresa seguem em queda livre. Negativou o lucro em 12 meses. Vendas de caminhões e ônibus não deram nem sinal de recuperação ainda.

A2015/4T2015 -
paulo_prof   -
A empresa já foi comentada pelo Jonas. No exercício de 2015, o resultado financeiro ainda foi capaz de compensar um resultado antes do financeiro e impostos negativo. Um outro fator essencial para que o resultado do exercício 2015 ficasse no azul foi a margem bruta: passou de 13,6% em 2013, para 16% em 2014 e 20,7% em 2015. Na história da empresa não constam margem maiores ... indicando que o/ limite foi provavelmente atingido. Outros fatores que ajudaram foram "receitas" de conversão de contingências e provisões ... estas receitas, que no exercício de 2015 somaram R$ 6 milhões, devem ser consideradas eventuais! Finalmente, há a questão do valor justo dos ativos biológicos ... Entre o ajuste positivo deste valor e a sua reversão, a empresa conseguiu R$ 1,7 milhões! Como em 2014 a empresa havia conseguido uma receita de R$ 10,7 milhões nestas rubricas, e como não entendo como isto possa ser "fiscalizado" pela auditoria, não há como prever o que será em 2016 ... em princípio poderá ser qualquer valor ... inclusive tal que não permita a postagem de um prejuízo . 
Se tiver que apostar ... colocaria as minhas fichas num resultado negativo em 2016! O endividamento líquido negativo (embora em redução) e o baixíssimo P/VPA parecem fornecer uma margem de segurança razoável para os tempos difíceis que a empresa está experimentando. Por outro lado, entretanto, não vejo "drivers" para fazer o ativo "disparar". Como o 1T16 deverá vir negativo, acho mais provável que fique andando de lado.
O dividendo correto que a SGAS4 vai distribuir é R$ R$ 0,08602, ou aprox. 3% do preço atual!!!
PS. A empresa é um dos maiores (se não o maior) revendedores Scania do país (caminhões pesados e semi-pesados e ônibus). A atividade agro-pecuária é marginal (em termos de receita líquida).
Características
Gestão de Participações Societárias - Holding Não Financeira
Links

361515  - paulo_prof   -  27 Mai 2019, 01:43
Resultados consistentes. Ativo está barato.

WLMM4

PREÇO: R$ 5,88

PAYOUT (2018): 28,1%



Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 12,39

P/VPA 0,54

PSR 0,27

DY 3,81%

EV/EBITDA 7,64

MARGEM BRUTA 15,5%

MARGEM OPERACIONAL 3,2%

MARGEM LÍQUIDA 2,2%

LUCRO POR AÇÃO R$ 0,474

MARGEM EBITDA 3,4%

DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 2,5%

ROE 4,37%

LIQUIDEZ CORRENTE 3,22



Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses vs 12 meses terminados no 1T18

RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA +47,97%

RESULTADO BRUTO +15,936%

RESULTADO FINANCEIRO POSITIVO -78,29%

RESULTADO OPERACIONAL passou de negativo para positivo

RESULTADO LÍQUIDO passou de negativo para positivo

EBITDA passou de negativo para positivo



b) 1T19 vs 1T18

RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA +28,70%

RESULTADO BRUTO +16,07%

RESULTADO FINANCEIRO passou de positivo para negativo

RESULTADO OPERACIONAL +30,49%

RESULTADO LÍQUIDO +22,10%

EBITDA +127,27%



c) lucro (taxa média anual)

UA passou de negativo para positivo

U2A passou de negativo para positivo

U3A 149,08%



d) patrimônio líquido médio

UA -3,09%

U2A -3,82%

U3A -4,92%



e) ebitda (taxa média anual)

UA passou de negativo para positivo

U2A passou de negativo para positivo

U3A passou de negativo para positivo

U4A 62,66%

U5A -7,81%

U6A -12,94%

U7A -3,29%

U8A -11,63%



Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 5,92

Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): +0,0%

356719 - marcosvinicius2 -  10 Dez 2018, 23:46
COMENTÁRIO: PAPEL SOBREVALORIZADO ( * ). Ebitda(Lajida) = A geração operacional de caixa da WLM medida pelo Ebitda(sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização –Lajida) totalizou R$ 8,9 milhões no terceiro trimestre de 2018, montante 4,2 vezes e 97,1 vezes superior aos R$ 2,1 milhões e R$ 0,09 milhão registrados no 3T17 e 2T18, respectivamente. O Ebitda acumulado nos nove primeiros meses de 2018 atingiu R$ 13,5 milhões, resultado 6,2 vezes acima dos R$ 2,1 milhões reportados no mesmo período de 2017, enquanto a margem do período atingiu 2,6%, 2,0 p.p. acima da margem de 0,6% registrada no 9M17; Resultado Líquido = A partir do aumento na quantidade de caminhões e chassis de ônibus comercializados no trimestre e da manutenção do forte trabalho visando efetivo controle de custos e despesas nos últimos anos, a WLM atingiu resultado líquidode R$ 6,7milhões no terceiro trimestre de 2018. O desempenho é 3,1vezes superior aos R$ 2,2 milhões registrados no 3T17 e reversão do resultado negativo de R$ 1,0 milhão do trimestre anterior. A margem líquida alcançada no 3T18 foi de 3,6%, avanço de 1,6p.p. frente ao mesmo período do ano anterior e melhora de 4,2p.p. na comparação com a margem negativa do trimestre imediatamente anterior.:

WLMM4
PREÇO: R$ 4,89
PAYOUT (2017): 0,00%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 41,03
P/VPA 0,46
PSR 0,27
DY 0,00%
EV/EBITDA 22,15
MARGEM BRUTA 16,76%
MARGEM OPERACIONAL 1,21%
MARGEM LÍQUIDA 0,66%
LUCRO POR AÇÃO R$ 0,119
MARGEM EBITDA 0,98%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 3,25%
ROE 1,12%
LIQUIDEZ CORRENTE 3,36

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 3T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 46,14%
RESULTADO BRUTO 9,39%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -35,88%
RESULTADO OPERACIONAL -825,43%
RESULTADO LÍQUIDO -178,67%
EBITDA -257,87%

b) 3T18 sobre 3T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 69,92%
RESULTADO BRUTO 16,69%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -65,83%
RESULTADO OPERACIONAL 252,81%
RESULTADO LÍQUIDO 206,05%
EBITDA 303,41%

c) lucro (taxa média anual)
UA -178,67%
U2A ND
U3A -245,57%

d) patrimônio líquido médio
UA -9,89%
U2A -6,44%
U3A -6,93%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 1,49
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): +30% !!!!

( * ) É PRECISO VERIFICAR NO RELATÓRIO DA ADM. A EXISTÊNCIA DE RESULTADO NÃO RECORRENTE:
( ** ) É IMPORTANTE SALIENTAR QUE A PRECIFICAÇÃO INDICADA ACIMA FOI BASEADA NUMA QUANTIDADE LIMITADA DE INDICADORES, NESTE CASO TRATA-SE APENAS DE UMA OPINIÃO PESSOAL, PORTANTO LONGE DE SER CONSIDERADA VERDADE ABSOLUTA, PARA QUALQUER TOMADA DE DECISÃO SERÁ NECESSÁRIO O INVESTIDOR ANALISAR OUTRAS PREMISSAS (QUALIDADE DA ADMINISTRAÇÃO, NÍVEL DA CONCORRÊNCIA, NOVAS TECNOLOGIAS, FATORES POLÍTICOS, MACROECONÔMICOS, CAPACIDADE DE INOVAÇÃO E ETC ), POIS NINGUEM DESTE FÓRUM SE RESPONSABILIZARÁ PELAS PERDAS DE TERCEIROS;
( *** ) DISCLAIMER: ISTO É APENAS UM COMENTÁRIO SOBRE ANÁLISE TÉCNICA E NÃO CONSTITUI NENHUMA ESPÉCIE DE ACONSELHAMENTO FINANCEIRO.
( **** ) A RENTABILIDADE OBTIDA NO PASSADO NÃO REPRESENTA GARANTIA DE RENTABILIDADE FUTURA.

344719  - marcosvinicius2  -  01 Dez 2017, 13:34
PAPEL SOBREVALORIZADO ( * ). RESULTADO LIQUIDO DO 3T17 MELHOROU EM RELAÇÃO AO 2T17 E MELHOROU (TAMBEM) NA COMPARAÇÃO COM O 3T16. DOS ULTIMOS 45 TRIMESTRES, 09 APRESENTARAM LUCRO LIQUIDO NEGATIVO (20,0000%). RECEITA OPERACIONAL = A RECEITA OPERACIONAL BRUTA DA WLM ATINGIU R$ 118,9 MILHÕES, O QUE REPRESENTA QUEDA DE 3,3% NA COMPARAÇÃO COM OS R$ 122,9 MILHÕES ALCANÇADOS NO TERCEIRO TRIMESTRE DE 2016 E 17,3% INFERIOR AOS R$ 143,7 MILHÕES DO TRIMESTRE IMEDIATAMENTE ANTERIOR.:

WLMM4
PREÇO: 5,10
PAYOUT (2016): 0,00%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L -33,66
P/VPA 0,44
PSR 0,41
DY 0,00%
EV/EBITDA -39,68
MARGEM BRUTA 22,39%
MARGEM OPERACIONAL -0,24%
MARGEM LÍQUIDA -1,22%
LUCRO POR AÇÃO -0,152
MARGEM EBITDA -0,90%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 5,48%
ROE -1,30%
LIQUIDEZ CORRENTE 3,20

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 3T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 6,63%
RESULTADO BRUTO 9,33%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO 0,23%
RESULTADO OPERACIONAL -92,26%
RESULTADO LÍQUIDO -53,39%
EBITDA -76,81%

b) 3T17 sobre 3T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -3,63%
RESULTADO BRUTO -1,39%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -29,23%
RESULTADO OPERACIONAL -159,91%
RESULTADO LÍQUIDO -159,16%
EBITDA -144,34%

c) lucro (taxa média anual)
UA -53,39%
U2A 98,02%
U3A -165,02%

d) patrimônio líquido médio
UA -2,86%
U2A -5,41%
U3A -4,57%

RECEITA OPERACIONAL LIQUIDA = A receita operacional líquida da Companhia, deduzidos os impostos faturados, totalizou R$ 108,5 milhões no terceiro trimestre de 2017, com recuo de 3,6% ante os R$ 112,6 milhões do 3T16. Comparado ao trimestre imediatamente anterior, período em que a receita líquida operacional atingiu R$ 130,6 milhões, houve retração 16,9% da receita.

EBITDA (LAJIDA) = A geração operacional de caixa da WLM medida pelo Ebitda(sigla em inglês para lucro antes dos juros, impostos, depreciação e amortização –Lajida) totalizou R$ 2,1 milhões no terceiro trimestre de 2017, revertendo o resultado negativo reportado no mesmo período do ano anterior, de R$ 4,8 milhões. Na comparação com o 2T17, quando atingiu R$ 0,1 milhão, o resultado do 3T17 foi 26,7 vezes superior. Nesse sentido, a margem Ebitda no 3T17 alcançou 2,0%, recuperação frente à margem negativa de 4,3% do mesmo período de 2016 e 1,9 p.p. superior à registrada no trimestre anterior.;

( * ) É PRECISO VERIFICAR NO RELATÓRIO DA ADM. A EXISTÊNCIA DE RESULTADO NÃO RECORRENTE:
( ** ) EMPRESAS DO SETOR FINANC onde houve necessidade de digitar os valores de REC INT FINANC (a pesquisa avançada não importou esses valores ) = XXXX;
( *** ) A VMCM = 5,56000000 foi calculada utilizando-se uma amostragem de 327 empresas com PL > 0 (Desta vez não foi utilizado o critério de LIQUIDEZ MÍNIMA). Na tentativa de um valor abaixo do indicado, a VMCM apresentou um valor < 5, o que indicaria um mercado subprecificado: forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?f=6&t=10754&start=620#p2082722
( **** ) Foram EXCLUÍDAS da amostragem inicial as empresas = XXXX;

342839  - TexasDraw  -  10 Out 2017, 00:10
Tem a fonte da notícia ou o número do processo?

Eu vi que os acionistas estavam reclamando disso, mas há um processo? qual o número?

http://www.wlm.com.br/download/Ata_AGO_29042016.pd...

Seria mais um drive para a companhia.

342828  - wlm1 -  09 Out 2017, 18:12
Professor Paulo e amigos....
Há um processo na CVM contra os controladores da WLMM4, me parece que os mesmos serão obrigados a fazer uma OPA pelas ações....
Eles violaram o limite de free float do papel......andaram comprando mais do que o permitido.....
Esse seria mais um driver para a Cia.....acredito que a OPA não seria abaixo do VPA....
Cia também está interessada em vender uma de suas fazenda...... somente isso é o valor de mercado dela hoje...fora outros ativos.....

342639  - wlm1-  02 Out 2017, 22:46
Para aqueles que querem refletir um pouco, segue meu racional.....
Cia tem o valor patrimonial em R$ 11,50, está cotada hoje em R$ 5,10....
Ela acabou caindo pela piora do mercado de caminhões em 2015/2016.....
No auge do mercado 2009 /2013...a cia tinha lucro líquido acima de 30 milhões/ano......
Todas empresas do setor automotivo se valorizaram, e estão voltando a níveis pré-crise...ela não... por falta de liquidez.......
Não acho que vamos voltar no nível de mercado antigo..... mas fica fácil a companhia lucrar ao menos 20 milhões/ano.....
A cereja do bolo: possui um terreno em Jaguaríuna que vale mais de R$ 70 milhões......
Ela tem uma fazenda que vale no mínimo R$ 200 milhões { equivale seu atual valor de mercado e não gera nada no lucro)........
Cia tem caixa líquido e cabeças de gado que valem mais de 50 milhões.,.....
Ela é a maior revendedora da Scania no Brasil.....
Não consigo ver uma oportunidade tão confortável quanto ela.....
Meu palpite é que no próximo ano, vão distribuir mais de 20 milhões de dividendos...
Yield próximos 12 meses está acima dos 10%......
Conversei com o RI da Cia semanada passada, poderemos ter boas novidades na venda de ativos até final do ano.....

342630  - wlm1 -  02 Out 2017, 20:18
A operação da Scania deve valer uns 400 mi.....
Meu target é acima do valor patrimonial, mais de 100% de upside.....
A hora de vender vai ser em 2019, caminhões vão voltar a normalidade......

342629 - wlm1 - 02 Out 2017, 20:16
Estimo que a fazenda da cia esteja avaliada em uns 200 milhões.....
Temos o terreno em jaguariuna, que vale uns 100 milhões.....
Temos gados e dinheiro em caixa, que deve estar em uns 50 mi.....
Operação da Scania deve voltar a ser bem lucrativa ano que vem.......

342628 - TexasDraw -  02 Out 2017, 20:14
É o ativo mais barato da bolsa.
Possui fazenda e imóveis que são maior que o valor de mercado.
Temos ainda a operação da Scania, que deve voltar a alta lucratividade...

339449  - pedrosousa   -  20 Jun 2017, 19:33
20/06/2017 15:19 WLM IND COM (SGAS) - Outros Comunicados ao Mercado - 20/06/17
CNPJ: 33.228.024/0001-51
NIRE (JUCERJA): 33.3.0003135-9
Companhia Aberta de Capital Autorizado
COMUNICADO AO MERCADO
Comunicamos que, a partir do dia 26 de junho de 2017, as ações de emissão da Companhia passam a ser negociadas com novos códigos de negociação, a saber:
CÓDIGOS ATUAIS NOVOS CÓDIGOS
SGAS3 (ON) WLMM3 (ON)
SGAS4 (PN) WLMM4 (PN)
Este comunicado retifica o comunicado anterior, datado de 14/06/2017 e publicado no dia 19/06/2017.
Rio de Janeiro, 20 de junho de 2017.
WLM INDÚSTRIA E COMÉRCIO S.A.
Álvaro Veras do Carmo
Diretor de Relações com Investidores

WLM Ind Com (SGAS)

321773  - Jonas_Schwingel  -  16 Mai 2016, 12:57
Resultado péssimo de SGAS4, assim como muitos outros. Pelo jeito o ponto de inflexão nos resultados é bem mais em baixo. Resultados trimestrais da empresa seguem em queda livre. Negativou o lucro em 12 meses. Vendas de caminhões e ônibus não deram nem sinal de recuperação ainda.

Provavelmente serei stopado hoje, isso se não pular meu stop. No entanto, a surra que o papel tomou foi grande. Há uma pequena possibilidade do resultado ruim já estar no preço... No resultado anterior a administração já tinha alertado que este viria ruim. Esperam melhora nas vendas apenas no 2S16. Veremos... Stopando vira FII.

320483  - paulo_prof   -  23 Abr 2016, 03:07
Como escreveu Adoniran ... quem é vivo ... sempre aparece !

Estou passando aqui para dizer que está tudo bem ... e que o meu sumiço é devido somente à total falta de tempo !!!

Para não passar em branco (e, mais uma vez, para não perder o costume) vou comentar a bola da vez de alguns ... SGAS4.

SGAS4
PREÇO: R$ 2,89
PAYOUT (2015)*: 79%

*Observação: No exercício de 2015, por ocasião do split, a empresa distribuiu um total de R$ 5,19434 por SGAS4 antiga, ou R$ R$ 1,03887 por SGAS4 após o split. O montante total distribuído de R$ 36,264 milhões, ou seja, mais de 9 vezes o lucro líquido do exercício. Não é a toa que a dívida líquida negativa em R$ 139 milhões no 4T14, passou a R$ 71,5 milhões negativos ao final do 4T15, uma queima de caixa considerável.

P/L 26,55
P/VPA 0,24
PSR 0,21
DY 2,98%
EV/EBITDA - sem sentido, devido a Ebitda negativo
MARGEM BRUTA 20,7%
MARGEM OPERACIONAL 1,3%
MARGEM LÍQUIDA 0,8%
LUCRO POR AÇÃO R$ 0,109
MARGEM EBITDA -0,2%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 0,0%
ROE 0,89%
LIQUIDEZ CORRENTE 4,46

Taxas de Crescimento

a) exercício de 2015 sobre 2014, NOMINAL
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -42,55%
RESULTADO BRUTO -25,58%
RESULTADO FINANCEIRO +104,77%
RESULTADO OPERACIONAL -66,73%
RESULTADO LÍQUIDO -67,51%
EBITDA passou de positivo para negativo

b) 4T15 sobre 4T14, NOMINAL
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -43,01%
RESULTADO BRUTO -33,91%
RESULTADO FINANCEIRO +40,47%
RESULTADO OPERACIONAL -91,09%
RESULTADO LÍQUIDO -130,04%
EBITDA O resultado negativo do 4T14 diminuiu (ficou menos negativo) no 4T15

c) LUCRO LÍQUIDO NOMINAL
UA -67,51%
U2A -54,77%
U3A -51,44%

d) PATRIMOÕNIO LÍQUIDO NOMINAL
UA -5,18%
U2A -2,76%
U3A -0,34%

A empresa já foi comentada pelo Jonas. No exercício de 2015, o resultado financeiro ainda foi capaz de compensar um resultado antes do financeiro e impostos negativo. Um outro fator essencial para que o resultado do exercício 2015 ficasse no azul foi a margem bruta: passou de 13,6% em 2013, para 16% em 2014 e 20,7% em 2015. Na história da empresa não constam margem maiores ... indicando que o/ limite foi provavelmente atingido. Outros fatores que ajudaram foram "receitas" de conversão de contingências e provisões ... estas receitas, que no exercício de 2015 somaram R$ 6 milhões, devem ser consideradas eventuais! Finalmente, há a questão do valor justo dos ativos biológicos ... Entre o ajuste positivo deste valor e a sua reversão, a empresa conseguiu R$ 1,7 milhões! Como em 2014 a empresa havia conseguido uma receita de R$ 10,7 milhões nestas rubricas, e como não entendo como isto possa ser "fiscalizado" pela auditoria, não há como prever o que será em 2016 ... em princípio poderá ser qualquer valor ... inclusive tal que não permita a postagem de um prejuízo .

Se tiver que apostar ... colocaria as minhas fichas num resultado negativo em 2016! O endividamento líquido negativo (embora em redução) e o baixíssimo P/VPA parecem fornecer uma margem de segurança razoável para os tempos difíceis que a empresa está experimentando. Por outro lado, entretanto, não vejo "drivers" para fazer o ativo "disparar". Como o 1T16 deverá vir negativo, acho mais provável que fique andando de lado.

O dividendo correto que a SGAS4 vai distribuir é R$ R$ 0,08602, ou aprox. 3% do preço atual!!!

PS. A empresa é um dos maiores (se não o maior) revendedores Scania do país (caminhões pesados e semi-pesados e ônibus). A atividade agro-pecuária é marginal (em termos de receita líquida).

320400  - Jonas_Schwingel  -  20 Abr 2016, 00:16
SGAS

Li todo o relatório da administração sobre o resultado de 2015. Dei uma passada de vista no balanço e notas explicativas. Confirmei minha visão de que não se trata de um mico. A empresa está tomando pancadas fortes nas vendas por causa da paradeira na economia, no entanto está havendo atitudes de redução de custos e aumento de margens para amenizar o baque. A situação de dívidas zero e uma boa quantia de recursos aplicados acima de 100% do CDI dá uma sensação de que a empresa dificilmente quebra. Também têm ganho muita grana no que eles chamam de capital biológico: boi, vaca, etc. Isso também aumenta a chance da empresa conseguir passar viva pela crise.

Manterei posição pequena no papel sem maiores preocupações, aumentando se vier a cair abaixo de 2,50 novamente. A empresa parece estar preparada para passar pela crise e a queda em suas ações pode ter sido um tanto exagerada. A administração espera que a estagnação nas vendas comece a terminar no 2º semestre de 2016.

A remuneração dos dois diretores é realmente pornográfica. Cada um tirou mais de R$ 4 milhões da empresa em 2015. Cada um tirou da empresa mais ou menos a mesma quantia que empresa distribuirá aos acionistas a título de dividendo/2015. Por isso o processo aberto na CVM.

Enfim... Não é uma brastemp, mas se as vendas da empresa realmente voltarem a crescer num futuro breve e ela passar a postar bons resultados, o papel pode dar alegrias aos comprados pois o up-side é bastante alto.

Essa é a minha análise de principiante. Torcendo pra vir um mestre para corrigir minhas asneiras e colocar os pingos nos i's. rs
Abraço a todos.

320394  - RRunner   -  19 Abr 2016, 21:53
Não li nada de SGAS ultimamente, só dei uma olhada nos fundamentos de leve, por cima.

EM 2015 deu prejuízo operacional de R$ 5 MM ... foi salva pelo resultado financeiro.

O que intrigou um pouco, é o caixa e as aplicações financeiras:

Em 2013 era de R$ 162 MM
Em 2014 era de R$ 139 MM
Em 2015 era de R$ 72 MM

Algo está "comendo" o caixa da empresa. Será atividades de financiamento ? Não sei.

Mas o pior é a queda da Receita Liquida ... saiu de R$ 1,1 Bi para R$ 496 MM

Infelizmente não consigo ler os relatórios por falta de tempo, mas fiquei curioso!

320392  - Jonas_Schwingel  -  19 Abr 2016, 21:17
Não vejo SGAS4 como mico.

Empresa com dívida zero, valendo no mercado quase o dinheiro que tem em caixa. Sequer prejuízo está dando (pelo menos por enquanto rs). Teve uma baita queda nos lucros, mas com essa crise há uma infinidade de empresas com dificuldades. É queda de receitas e aumento de despesas pra tudo que é lado.

Os principais contras da empresa são a administração sanguessuga, governança ruim e a baixa liquidez. No entanto, para tudo há um bom preço. Comprá-la na faixa dos 2,XX (P/VP~0,2) me parece bastante interessante, respeitando os devidos limites alocacionais. Não apostaria mais de 2% da carteira.

Me parece que a queda alucinante do papel está mais relacionada ao desembarque de um fundo do que aos resultados em si. A não ser que uma bomba esteja para ser anunciada no próximo balanço, como infelizmente sempre acontece na nossa Bovespa. Por isso a aposta pequena. Afinal, se eu soubesse que não há podres ocultos, entraria com 10% ou mais. É justamente nestas incertezas que reside o charme do jogo chamado renda variável.

Risco alto = up-side alto = alocação baixa = perdas pequenas = ganhos razoáveis

320044  - Jonas_Schwingel  -  11 Abr 2016, 17:17
Esses dias fiz uma fezinha de 1% da carteira em SGAS4. O papel tomou uma surra considerável do mercado nos últimos meses e tenho a sensação de que o preço está errado. Um fundo está desembarcando do papel e devido a baixa liquidez a queda está exagerada a meu ver. Vou compartilhar o racional para caso alguém queira embarcar:

Pros:

- PVP de 0,20;
- Dívida zero;
- Valor de mercado em 87,8 milhões e tem em caixa 71,5 milhões;
- Empresa atua principalmente no comércio de materiais de transporte, mas também atua no setor de materiais para o setor agrícola. Acredito que estes setores são de primeira necessidade na economia e deverão voltar à saúde no pós crise;
- Queda de 83% em relação ao TH.

Contras:

- Queda acentuada no lucro de 2015 devido à crise econômica;
- DY consta como 58% mas obviamente não conseguirão manter devido queda nos lucros;
- Diretoria da empresa não liga muito para os minoritários e retiram remunerações absurdas para si mesmos;
- Mesmo com queda brusca nos preços e no lucro, PL inchou;
- Liquidez péssima (no entanto, este pode ser o motivo da queda exagerada; pode deixar o papel leve para um suposta recuperada nos preços);
- ROE péssimo.

Estratégia:

Comprei 1% da carteira e pretendo comprar mais mensalmente caso não seja o fundo e o preço siga em queda, sempre de maneira completar a posição até o limite de 1%.

Abandono as compras se a empresa começar a apresentar prejuízo e der sinais de que pode falir, deixando o papel no limbo da carteira. Mas acho improvável...

Tem subido forte nos últimos dias e já estou ganhando uma margem de segurança na posição. A empresa não é uma brastemp e não pretendo me casar com ela, pelos mesmos motivos citados nos 'contras', mas o preço está baixo demais. Acredito que se não houver algum podre oculto, as cotações têm boas possibilidades subir. Ganhando um bom trocado no papel, vendo.

176083- paulo_prof  -  27 Mar 2013, 17:21
Se, de um lado, o 4T12 representou o trimestre da "virada" na venda de veículos (caminhões e ônibus), pois a performance nos 9M12 foi de chorar, deve ser observado que a maior parte do lucro (do 4T12 e de 2012), sem efeito caixa, foi obtida através do cálculo do valor justo de propriedades e de ativos biológicos.

De um Resultado Antes do Financeiro e Impostos de R$ 59 milhões no ano, R$ 51 milhões foram obtidos desta forma.

SGAS4
PREÇO: R$ 86,00
PAYOUT (2012): 45,2%
P/L 18,10
P/VPA 1,27
PSR 0,77
DY 2,50%
EV/EBITDA 9,96
MARGEM BRUTA 15,7%
MARGEM OPERACIONAL 8,4%
MARGEM LÍQUIDA 4,3%
LUCRO POR AÇÃO R$ 4,752
MARGEM EBITDA 6,9%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 0,0%
ROE 7,04%
LIQUIDEZ CORRENTE 2,81

Taxas de Crescimento Nominal

a) exercício de 2012 vs 2011
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -13,49%
RESULTADO BRUTO -11,99%
RESULTADO FINANCEIRO POSITIVO -35,50%
RESULTADO OPERACIONAL 16,24%
RESULTADO LÍQUIDO -9,30%
EBITDA 21,48%

b) 4T12 vs 4T11
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 30,51%
RESULTADO BRUTO 10,41%
RESULTADO FINANCEIRO POSITIVO -51,62%
RESULTADO OPERACIONAL 350,32%
RESULTADO LÍQUIDO 307,36%
EBITDA 438%

c) lucro (taxa média anual)
UA -9,30%
U2A -20,76%
U3A 10,37%

d) patrimônio líquido médio
UA 2,18%
U2A 9,41%
U3A 10,49%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 59,49

Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): +9,0%

175908 - danieljoseaa -  27 Mar 2013, 03:11
Para o fruzin e para o George.......

SGAS:

Resultado do 4º Trimestre de 2012

A companhia registrou lucro líquido de R$ 33,8 M neste trimestre, acréscimo de 1.783,4% em relação ao 3T12 e crescimento de 307,6% em relação ao quarto trimestre de 2011.

Os ativos totais atingiram o saldo de R$ 522,6 M, aumento de 7,8% em relação ao saldo no quarto trimestre de 2011. O patrimônio líquido alcançou a soma de R$ 492,0 M neste trimestre, o que representou uma variação de 5,9% em relação ao saldo no quarto trimestre de 2011.

Ao longo do trimestre, a ação oscilou 4,7% contra 3,0% do Ibovespa, enquanto que o valor de mercado alcançou R$ 595,1 M contra R$ 496,3 M no 4° trimestre de 2011.

158132 - GEORGE CAVALCANTI -  24 Nov 2012, 21:39
CH, SOBRE SGAS
Conversei com seu Alvaro(contador), o lucro anual sera bastante comprometido pela diminuição das vendas(antecipação de compras antes dos novos motores) e pelo pagamento integral (com desconto) de questão judicial, piorada pelo momento economico..., confiante para 2013.
Estão com projeto de plantio de soja para sair.
De toda forma patrimonio liquido sempre crescendo e divida zero.

145983 - GEORGE CAVALCANTI -  24 Ago 2012, 16:30
Falei novamente com o sr Alvaro (contador da empresa), o prejuizo passado, foi pelo pagamento ( com desconto ) de pedenga judicial, o fraco resultado atual atribui a fatores : venda antecipada do ano passado( aproveitaram antes do aumento dos novos motores: euro... ) ; residuo de pagamento judicial ?, ¨crise¨ recente. Muito tranquilo a empresa continua muito bem, muita terra sub avaliada, sem dividas, alguns funcionarios tem ações. 

continuo com ela , sempre sobe, ate nas crises, pelo jeito sem capital especulativo.
2008: + 6,22%
2012: 16,03
imagine em anos bons, SO O FILÉ DO LADO QUE O BOI NÃO DEITA.

145894 - ch3481 -  24 Ago 2012, 00:09  Nível 1
Tava lendo release da SGAS3

Pelo menos não deu prejuizo no 2T12 (rs).....apesar de que no 1S12 ainda estah prejuízo

Vilão de sempre as despesas operacionais e uns gastos lah com a Supergasbras

Não tem divída e tem cx robusto em fç tb valor das unidades que comercializa

Tb atividades agropecuárias ajudando resultado geral ainda que de maneira ínfima, a exemplo da CGRA3/4.

Receita da prestação de serviços e venda lubrificantes vem aumentando de forma bem lenta.....mas vem

Resultado financeiro tb positivo

No geral atividade da empresa sinaliza bem atividade economica

Mantenho as minhas ateh pq é pouca coisa e tb não tem comprador....rs.rs

Mas bom......... eeehhh que não foi

Aguardemos!!!!

http://www.wlm.com.br/download/ITR/WLM_ITR_2T12.pdf

122592 - paulo_prof - 27/Mar/2012 01:30
SGAS4
PREÇO: R$ 77,00
PAYOUT (2011): 43,4%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses
P/L      13,23
P/VPA            1,21
PSR     0,59
DY      3,28%
EV/EBITDA  7,90
MARGEM BRUTA  15,2%
MARGEM OPERACIONAL          6,7%
MARGEM LÍQUIDA          4,4%
LUCRO POR AÇÃO           R$ 5,821
MARGEM EBITDA 5,0%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO       0,0%
ROE    9,13%
LIQUIDEZ CORRENTE     4,44

Taxas anuais média nominais de crescimento
a) do lucro líquido
UA      -23,12%         
U2A    28,32%          
U3A    -20,81%         

b) do patrimônio líquido médio
UA      17,17%
U2A    14,90%
U3A    12,75%

Para um preço justo igual ao preço atual com margem de 50% (R$115,50), calculado pela fórmula do FCD com perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 10%, a taxa de crescimento real do lucro líquido nos próximos 3 anos teria que ser maior do que 28%


100351 - paulo_prof - 01/Nov/2011 18:22
citação: ch3481
Prof. Paulo
aproveitando que estás por aqui, seria possível fazer " a quem interessar
possa" sobre SGAS3. GRATO

Baseado nos últimos 12 meses
SGAS4
PREÇO: R$ 61,10 (melhor oferta)
PAYOUT: 25,6% (2010)
P/L      8,60
P/VPA            0,96
PSR     0,46
DY      2,98%
MARGEM BRUTA  15,0%
MARGEM OPERACIONAL          7,6%
MARGEM LÍQUIDA          5,3%
LUCRO POR AÇÃO           R$ 7,108
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO       0,0%
ROE    11,12%
LIQUIDEZ CORRENTE     1,66

Taxas anuais médias nominais de crescimento

a) lucro líquido
UA      12,16%          
U2A    43,08%          
U3A    -12,79%         

b) patrimônio líquido médio

UA      21,62%
U2A    14,82%
U3A    14,29%

Taxa de crescimento anual média real necessária para que o valor intrínsico calculado pela fórmula do FCD forneça um valor 50% maior do que a cotação atual, para os parâmetros usuais (desconto anual de 10% reale perpetuidade de 0% real): 9,6%

O ativo não está caro ... mas também não está super barato.


20662 -  small caps - 13/Nov/2009 00:33
citação: danielbeharSmall,
Que achou do resultado de SGAS? Achei bem meia boca.
Pelo visto o segmento de veículos pesados ainda não se recuperou totalmente . Pelo que se pode inferir do relatório (dei uma olhada por cima), a empresa espera uma sensível melhora a partir do 4T09.
Abraços,
Daniel
Daniel, veio muito impactada pela redução de venda de caminhões pesados. Não fosse o caixa abarrotado de $$$$ e a baixa relação P/VPA, não esperaria pelos resultados do quarto trimestre. É o aquecimento no atual trimestre que freia a venda :) Aliás, quase toda do segmento sentiram muito o desaquecimento, como RAPT, MWET, etc... Vou manter a posição, pois certamente teremos outros ativos que vai dar coceira para vender :)


20533 - danieljoseaa - 12/Nov/2009 17:09
Descricao
Nome de Pregao PRONOR
Periodo 9M
Data Encerramento 30/09/2009
Patrimonio Liquido 182.363
Receita Liquida 185.006
Resultado Bruto 53.447
Receita (Despesa) Financeira Liquida 12.510
Resultado da Equivalencia Patrimonial
Resultado Operacional 51.546
Lucro (Prejuizo) Liquido 37.842
Numero de Acoes, Ex-Tesouraria ( Mil ) 46.102
Lucro (Prejuizo) por Acao - LPA 0,82083
Valor Patrimonial da Acao - VPA 3,95564


Olha a nossa Pronor aí, só alegria.


10847 - paulo_prof - 08/Ago/2009 16:38
O que posso dizer da SGAS é:
a) embora no 1T09 tivessem sido emplacados 1% mais caminhões e ônibus Scania do que no 1T08, as receitas bruta e líquida da SGAS recuaram 20% - moral da história: deve ter perdido market share importante;
b) no 2T09 foram emplacados 20% menos caminhões e ônibus Scania em comparação com o 2T08 e somente 7% mais do que no 1T09 - moral da história: se não tiver recuperado market share, o lucro líquido deve ser inferior a R$ 5 milhões.
Só para efeito de comparação, o lucro líquido do 2T08, devido a um evento não recorrente, havia sido de R$ 59 milhões.


Aconteça o lucro líquido que acontecer, será muito menor do que o de 2008. Mas acho que o fato já está precificado uma vez que atual P/L anual está em 3,2 (para um lucro líquido no 2T09 digamos, de R$ 5 milhões, o P/L iria a 9,3, o que não seria um grande absurdo).


9520 - GEORGE CAVALCANTI - 25/Jul/2009 08:02
alguem tem explicaçao sobre a SGAS, excelente multiplos, recebi bons dividendos, na crise manteve o valor da açao, apesar do pessimo resultado no primeiro TRI, sera que algum grande tem muita açao dela, e esta esperando


o resultado do 2 TRI, que acho que vira bom, pelo ramo de atuaçao que aqueceu.


7708 - jairmatoso2 - 25/Jun/2009 08:16
Já vi aqui e em outros foruns q tem gente ainda indicando a SGAS4 (WLM Industria e Comercio).
Até pouco tempo, antes de rodar com a crise, trabalhava na area de Corporate Banking de um banco de investimentos aqui do Rio. Assim, fui visitar a WLM (sede na Cinelandia) e conheci o Diretor Financeiro da empresa.
Durante a conversa ele confidenciou q os donos da empresa (estritamente familiar) não estao nem ai pros minoritarios, q nao tem nenhum plano de aumentar governança e q só nao fecharam capital ainda por 2 motivos, quais sejam:
1- Ser muito caro
2- A influencia do proprio Diretor Financeiro, q é contra. (ele ainda tem esperança, mesmo depois de 20 anos no cargo, de consiguir implementar alguma governanca. Ele mesmo diz q é Utopia)
Sendo assim, acho esse papel mo furada, pensando em futura valorizacao. A unica coisa 'interessante' dele sao os dividendos. Nem sei quanto ta o 'yield', mas nesse ultimo ano foi bom, pois tinham uma boa grana aplicada no exterior (no Citi) e repatriaram quando comecou a crise, por medo de quebradeira. Como eles nao tem planos de expansao, ou seja, nao sabiam o q fazer com o $$$, distribuiram entre os acionistas.


Ah, uma ultima coisa q pode contar a favor. Eles tem uma enorme fazenda na divisa entre MT e PA, com cerca de 400 mil metros quadrados a venda. Na epoca eu estava a busca de compradores pra eles. É um pouco dificil, mas se um dia conseguirem vender daria mais uma bela distribuicao de dividendos. Mas é só suposicao mesmo.

5987 - paulorizzi  - 20/Mai/2009 18:02
Eu não gostei dos resultados de SGAS no 1T09. O total de emplacamentos de caminhões e ônibus Scania no 1T09 (1.758) foi praticamente igual aos do 1T08 (1.740). No entanto, as Receitas Bruta e Líquida da SGAS recuaram arox 20% de 2008 para 2009. Como, na melhor das hipóteses, os preços dos veículos novos foram mantidos, é bastante provável que a SGAS perdeu market share.
Os números preliminares do 2T09 não são animadores. Em abril 2009, o total de veículos Scania emplacados foi só um pouco menor (4%) do que em 2008. Mas na 1a. metade de maio foi 47% menor!.
Por outro lado, a empresa parece estar perdendo algo, também, na margem bruta. De uma média de 19,9% em 2008 (19,2% no 1T08), para 18,2% no 1T09.


4378 - paulorizzi - 20/Abr/2009 23:00
"Este comentário se destina a aqueles que têm e/ou pretendem ter BMTO4 e/ou WHRL4 em carteira. Como referência são utilizados os preços de fechamento de hoje: BMTO4 (R$ 0,83) e WHRL4 (R$ 3,21)."
"BMTO4 e WHRL4 podiam ser classificadas como as ""vacas leiteiras"" da BOVESPA. Quem, no exercício do 2007 tivesse comprado BMTO4 no final do pregão de todos os dias com, teria tido um retorno bruto de proventos de 15,89%. O mesmo procedimento durante o exercício de 2008 teria propiciado um retorno bruto de 18,91%. Com WHRL4 o mesmo teria ocorrido: no exercício de 2007 o retorno teria sido de 12,88% e no exercício de 2008, 16,71%."
"A julgar pelas propostas das Diretorias às respectivas Assembléias, não é certo de que a política de grande pagador de proventos seja mantida em ambas as empresas. Ambas contam com expressivos valores em Reservas de Lucros. A BMTO, R$ 283 milhões, para um lucro líquido em 2008 de R$ 325 milhões, e a WHRL, R$ 591 milhões para um lucro líquido em 2008 de R$ 663 milhões. Parte dos proventos relativos a 2008 (40,9% na BMTO e 43,3% na WHRL) foi paga fazendo uso destas reservas (os valores informados são aqueles remanesceram pós-pagamento). Ambas as empresas, porém, têm Ajustes negativos de Avaliação Patrimonial, cujo efeito é reduzir a disponibilidade da Reserva de Lucros (R$ 70 milhões na BMTO e R$ 118 milhões na WHRL)."
"Será proposto, este ano, às AGEs de ambas as empresas, a criação de uma ""Reserva Estatutária"". Não há detalhes de qual seria a finalidade desta Reserva e as eventuais regras/limitações de sua utilização. Talvez o objetivo seja o de fornecer mais flexibilidade às Diretorias ... talvez não."
"De qualquer forma, no exercício de 2008 o payout da BMTO foi de 63,6%, e aquele da WHRL foi de 74,7%. Aos preços de fechamento de hoje, os DYs correspondentes são de APENAS 8,70% para BMTO4 e de 10,26% para WHRL4."
"Ambos os ativos têm os indicadores P/L e P/VPA praticamente iguais (respectivamente 7,31 e 3,01 para BMTO4 e 7,28 e 3,07 para WHRL4). Como o payout (e consequentemente o DY) da BMTO4 é menor, esta está mais cara e, conseqüentemente:"
"a) quem pretende comprar, deve hoje optar por WHRL4; e"
"b) quem tem BMTO4 (Small?), terá vantagem se efetivar a troca por WHRL4."
PS. De uma maneira geral eu acho ambos os papéis caros hoje!
"motos: redução de 26,0% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"implementos: redução de 26,8% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"outros: redução de 8,4% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"caminhões+ônibus SCANIA (SGAS4): aumento de 28,7% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"Em relação à 1a. metade útil de março 2009, houve aumento nos setores autos + veículos leves, caminhões + ônibus e outros. Houve diminuição em motos e implementos rodoviários."



4368 - paulorizzi - 20/Abr/2009 20:28
Os dados de emplacamento de veículos na 1a. metade útil de abril (site da Fenabrave) indicam:
"autos: aumento de 0,4% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"comerciais leves: aumento de 0,4% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"caminhões: redução de 13,5% em relação à 1a. metade de abril de 2008"
"ônibus: redução de 18,7% em relação à 1a. metade de abril de 2008"


"total: aumento de 0,2% em relação à 1a. metade de abril de 2008"


3672 - small caps - 06/Abr/2009 12:37
"Sobre, SGAS4, com certeza o resultado do ano passado foi amplamente favorecido por questões não operacionais."
"No entanto, sua atratividade não se limita a isto. Considero-a uma alternativa defensiva para a crise. O valor de mercado da companhia é praticamente igual a quantia que tem em caixa que supera todas as suas obrigações."
"Tem um dos menores EV/EBITDA do mercado, se não o menor. Conseguiu aumentar a lucratividade operacional no quarto trimestre, em plena crise. Está ampliando a receita com serviços de manutenção de caminhões que, em certa parte, pode compensar a queda de receita com a venda de novas unidades."
"O caixa alto permite barganhar descontos com fornecedores, pagando a vista, num momento em que ter dinheiro tem uma importância impar."
"Por isso, SGAS4 é uma das alternativas defensivas. Ela caiu muito pouco na crise e também sobe menos na euforia..."





3596 - paulorizzi - 05/Abr/2009 13:33
"Para os interessados em SGAS (WLM), rede de concessionárias Scânia."
"De acordo com as informações do site Fenabrave relativa a emplacamento de veículos, os resultados relativos a caminhões e ônibus Scania é o seguinte:"
1o. trimestre de 2008: caminhões = 1.539; ônibus = 201; total = 1.740
"4o. trimestre de 2008: caminhões = 2.473; ônibus = 217; total = 2,690"
1o. trimestre de 2009: caminhões = 1.681; ônibus = 77; total = 1.758
"Se o market share da WLM e o preço médio dos veículos permaneceram inalterados, a receita com a venda de veículos deve ser aprox. a mesma do ano passado. Por outro lado, de acordo com o Relatório de 2008, durante aquele ano houve um aumento percentual da receita com serviços de manutenção. Na minha espectativa, o lucro líquido do 1T09 deve ficar entre R$ 8 e 10 milhões."


3129 - WK2007 - 27/Mar/2009 19:34
Para quem é (ou quer ser) acionista de SGAS:

Vendas de caminhões reagem em março

"São Paulo, 27 de Março de 2009 - Fabricantes de caminhões pesados nunca comercializaram tanto como em março. Scania e Volvo vão fechar o mês com vendas recordes, em torno de 1 mil caminhões cada. É mais do que negociaram na soma do primeiro bimestre."

"Os generosos negócios em tempos de crise foram alavancados por, pelo menos, quatro fatores de ocasião: provável fim da isenção do IPI, que vigora oficialmente até o último dia de março; chegada da safra agrícola, que naturalmente puxa as vendas de caminhões; redução de preços dos veículos novos e antecipação de compras. O bom ritmo de transações de caminhões novos em março não garante continuidade em abril e meses subsequentes."

"""Está muito mais fácil comprar do que em 2008. Por conta disso, negociamos a aquisição de 120 caminhões no valor de R$ 30 milhões. Pagamos um spread maior, mas um preço mais baixo por conta da menor pressão de demanda. Vamos receber estes caminhões até junho"", diz Cláudio Adamucho, presidente do G10, grupo que reúne 600 caminhões com sede em Londrina, no Paraná."

"""O mercado não está fácil, os custos, sobretudo com diesel estão altos, mas é preciso pensar a médio e longo prazos. Aproveitamos que está mais fácil comprar e negociamos a aquisição de 100 unidades para a renovação"", afirma Dagnor Schneider, presidente da Coopercarga, cooperativa que reúne uma centena de transportadores com sede em Concórdia, em Santa Catarina."

"O Brasil tem um dos maiores mercados mundiais de caminhões. A queda anotada nos dois primeiros meses, de 20% nas vendas, ocorre sobre 2008, o melhor ano de todos os tempos."

"Se o mercado interno reage, as exportações estão emperradas com a crise mundial. A Scania, por exemplo, dificilmente conseguirá a proeza de colocar 60% dos veículos montados em São Bernardo do Campo (SP) no mercado externo. ""Quando há um desaquecimento nos mercados de países desenvolvidos, antes atendidos pelo Brasil, até por racionalização logística, eles passam a ser supridos pelas fábricas da empresa na Suécia, Holanda e França"", diz um analista do setor."



3021 - paulorizzi - 27/Mar/2009 00:23
"Como o Small informou, o valor de mercado da empresa é igual ao seu capital de giro e a empresa ainda vai distribuir R$ 0,52 por ação. Tudo somado, não fosse a horrível liquidez do papel (acho que o percentual do total de papéis pouco líquidos em minha carteira está alto demais para o meu gosto), eu já teria aumentado a posição.



small caps 
"lycurgo, por trás de empreasas sem bom relacionamento com o mercado, muitas vezes há grandes tesouros a serem descobertos!"
Eu não desisto de uma boa pesquisa quando a oportunidade é atraente apenas porque a empresa não enfeita relatórios e empresa bonitinho para o acionista.
"Aliás, tem várias delas com relatórios belíssimos e que nunca mais vão esquecer do ""créu cambial"" que levaram. Ficaram tanto tempo produzindo o documento e especulando no mercado financeiro, que esqueceram do seu core business."
"Mas é claro, tais relatórios facilitam e muito a pesquisa e são sempre bem vindos."
SGAS está custando menos que o caixa mais estoque.
Todo resto da empresa vai de graça!


O mesmo acontece com TKNO4.


2534 - paulorizzi - 16/Mar/2009 12:45
Saiu o balanço de SGAS4. O lucro líquido do 4T08 foi de R$ 12,5 milhões. A empresa resolver pagar proventos mínimos (24,75%) do Lucro Líquido, correpondendo a um total de R$ 3,022/ação. Como já foram pagos R$ 2,50/ação a título de dividendos intermediários, ainda falta um saldo de R$ 0,52/ação. Não parece ainda estar definido o dia ""ex""."
"Os novos múltiplos, caso minhas contas não estejam furadas, são:"


"P/L = 2,13; P/VPA = 0,54; PSR = 0,28; DY = 12,09%; EV/EBITDA = 0,58; ROE = 25,18%; Liquidez Corrente = 3,20; P/(CAP GIRO/Ação) = 0,99; Dívida Bruta menor do que 1% do Patrimônio Líquido."


2515 - paulorizzi - 15/Mar/2009 17:24
"Posso comentar sobre SGAS4. A menos que esteja enganado, a empresa é constituída exclusivamente de uma rede de concessionárias SCANIA, nos Estados de São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Pará e Amapá. Acho que, do negócio original, distribuição de gás (Supergasbras) só restam histórias."
"Para tentar antecipar os resultados de 2008, fui buscar informação sobre os emplacamentos de caminhões e ônibus Scania, em 2008."
"O total de emplacamentos de veículos Scania em 2008, por trimestre, foi:"
1T08: 1740 (1.539 C + 201 O); 2T08: 2.367 (2.135 C + 232 O); 3T08: 1.913 (1.694 C+ 219 O); 4T08: 2.690 (2.473 C + 217 O)
Os números acima estão (mais ou menos) em linha com a Receita Bruta percebida pela empresa:
1T08: R$ 150 milhões; 2T08: R$ 211 milhões; 3T08: R$ 160 milhões
"Se a empresa tiver mantido o seu market share no 4T08, a Receita Bruta deverá ser a melhor do ano, superando aquela do 2T08, e deverá chegar próxima dos R$ 230 milhões."
"Se, por outro lado, a empresa conseguir manter as margens, o lucro do trimestre deverá ficar por volta dos R$ 13 milhões (60% maior do que aquele do 4T07) e o lucro anual, por volta dos R$ 86 milhões (5 vezes maior do que o lucro de 2007)."


"O problema vai ser o 1T09. Pelo andar da carruagem, a redução das vendas em relação ao 1T08 será algo no entorno de 20%."

1860 - paulorizzi - 24/Fev/2009 21:02
"citação: vitor_kalel2004Small e amigos gostariam que comentasse a respeito das situações financeiras dessas empresas sgas4,tgma3 e sapr4"

"SGAS4: Pelo que entendi, é o maior vendedor Scania no país. Situação financeira super tranqüila. Em 30SET2008 não tinha disponibilidades de R$ 159 milhões para uma dívida bruta ridícula de R$ 2 milhões. Liquidez corrente muito tranqüila, de 2,2. Houve uma sensível redução dos negócios no 3T08 em relação ao 2T08 (lucro passou de R$ 59 milhões para R$ 6 milhões). A julgar pelos dados de vendas de caminhões, da Anfavea, o último trimestre foi o melhor do ano (aumentos de 20% e 46%, respectivamente, sobre os emplacamentos do 2T08 e 3T08). Não sei o que ocorreu no mercado de ônibus. A queda em dezembro, relativa à novembro, foi ampliada em janeiro. Em fevereiro está havendo uma recuperação parcial."

Nenhum comentário: