Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

segunda-feira, 23 de março de 2020

São Martinho (SMTO)



Recomendações

Carteiras
tiagohv (jul/16, ago/16jan/17)
Códigos de Negociação
Tipo
SMTO3
 Novo Mercado
Balanços
A2018/4T2018 -
PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). RECEITA LÍQUIDA = No segundo trimestre da safra 18/19, a receita líquida da Companhia totalizou R$ 643,4 milhões, inferior em 12,6% com relação ao mesmo período da safra anterior. As principais razões para a queda foi (i) o menor preço médio e volume de açúcar vendido – parcialmente compensados pelo maior preço médio e volume do etanol comercializado, e (ii) estratégia de carregar açúcar para liquidação das telas de outubro/18 e março/19. No período acumulado da safra a receita caiu 11,8%, devido aos mesmos motivos que impactaram o resultado do trimestre.; EBITDA Ajustado = O EBITDA Ajustado no 2T19 somou R$ 316,2 milhões (margem EBITDA Ajustada de 49,1%), uma redução de 19,1% em relação ao 2T18, refletindo, principalmente a queda do volume de vendas de açúcar no período como resultado da alteração do mix da safra para etanol e estratégia de carregar estoques de açúcar para liquidação nas telas de outubro/18 e março/19. No acumulado da safra o EBITDA Ajustado caiu 17,2%, atingindo R$ 717,6 milhões (margem EBITDA Ajustada de 50,7%), refletindo os mesmos efeitos ocorridos no trimestre: RESULTADO FINANCEIRO = O resultado financeiro líquido no 2T19 totalizou uma despesa de R$ 57,6 milhões, apresentando um aumento de 52,0% quando comparamos com o 2T18. No período acumulado da safra o aumento do resultado financeiro foi de 24,1%, totalizando R$ 96,2 milhões. A piora do resultado financeiro da Companhia reflete, principalmente, uma maior variação cambial nos períodos.

3T2018 -
Características
Fabricação e comércio de açúcar, álcool e derivados.
Assuntos mais Comentados

Links





10/02/2020 - Dados Financeiros - Press-release - 31/12/19


365218  - keep_calm  -  13 Nov 2019, 17:23
São Martinho (SMTO3): A São Martinho teve lucro líquido, sem efeitos da norma IFRS 16, de R$ 92,8 milhões no segundo trimestre do ano fiscal de 2020, alta de 58,6% na base de comparação anual.A receita líquida subiu 19,7%, a R$ 770 milhões, enquanto o Ebitda ajustado foi de R$ 387,8 milhões, crescimento de 22,6%. A margem Ebitda ajustada totalizou 50,4%, variação positiva de 1,2 ponto percentual na mesma base de comparação.

356852 - marcosvinicius2 - 14 Dez 2018, 22:02
COMENTÁRIO: PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). RECEITA LÍQUIDA = No segundo trimestre da safra 18/19, a receita líquida da Companhia totalizou R$ 643,4 milhões, inferior em 12,6% com relação ao mesmo período da safra anterior. As principais razões para a queda foi (i) o menor preço médio e volume de açúcar vendido – parcialmente compensados pelo maior preço médio e volume do etanol comercializado, e (ii) estratégia de carregar açúcar para liquidação das telas de outubro/18 e março/19. No período acumulado da safra a receita caiu 11,8%, devido aos mesmos motivos que impactaram o resultado do trimestre.; EBITDA Ajustado = O EBITDA Ajustado no 2T19 somou R$ 316,2 milhões (margem EBITDA Ajustada de 49,1%), uma redução de 19,1% em relação ao 2T18, refletindo, principalmente a queda do volume de vendas de açúcar no período como resultado da alteração do mix da safra para etanol e estratégia de carregar estoques de açúcar para liquidação nas telas de outubro/18 e março/19. No acumulado da safra o EBITDA Ajustado caiu 17,2%, atingindo R$ 717,6 milhões (margem EBITDA Ajustada de 50,7%), refletindo os mesmos efeitos ocorridos no trimestre: RESULTADO FINANCEIRO = O resultado financeiro líquido no 2T19 totalizou uma despesa de R$ 57,6 milhões, apresentando um aumento de 52,0% quando comparamos com o 2T18. No período acumulado da safra o aumento do resultado financeiro foi de 24,1%, totalizando R$ 96,2 milhões. A piora do resultado financeiro da Companhia reflete, principalmente, uma maior variação cambial nos períodos.:

SMTO3
PREÇO: R$ 18,05
PAYOUT (2017): 22,17%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 13,57
P/VPA 2,02
PSR 1,93
DY 1,63%
EV/EBITDA 8,59
MARGEM BRUTA 32,40%
MARGEM OPERACIONAL 18,25%
MARGEM LÍQUIDA 14,22%
LUCRO POR AÇÃO R$ 1,331
MARGEM EBITDA 34,37%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 146,01%
ROE 14,87%
LIQUIDEZ CORRENTE 2,75

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 3T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 18,35%
RESULTADO BRUTO 38,30%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -3,90%
RESULTADO OPERACIONAL 20,69%
RESULTADO LÍQUIDO 40,31%
EBITDA 15,91%

b) 3T18 sobre 3T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 4,02%
RESULTADO BRUTO 13,55%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO 53,39%
RESULTADO OPERACIONAL 11,04%
RESULTADO LÍQUIDO 10,43%
EBITDA 13,04%

c) lucro (taxa média anual)
UA 40,31%
U2A 38,21%
U3A 44,82%

d) patrimônio líquido médio
UA 1,43%
U2A 10,39%
U3A 9,48%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 16,64
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): +2,0% !!!!
[...]

349097  - marcosvinicius2 -  19 Abr 2018, 22:43
COMENTÁRIO: PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). EBITDA Ajustado O EBITDA Ajustado no 3T18somou R$ 497,4 milhões (margem EBITDA Ajustado de 55,3%), um aumento de 45,6% em relação ao 3T17 refletindo, principalmente i) o aumento do volume de vendas de açúcar e etanol, ii) redução do custo caixa de produção, devido principalmente a melhora na alavancagem operacional na safra 17/18 e iii) expressivo crescimento no volume e preços de cogeração de energia. No acumulado do ano o EBITDA Ajustado cresceu 30,7%, atingindo R$ 1.364,4 milhões (margem EBITDA de 54,5%), refletindo os mesmos efeitos ocorridos no trimestre.;

SMTO3
PREÇO: 17,50
PAYOUT (2017): 22,17%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 13,91
P/VPA 1,89
PSR 2,01
DY 1,59%
EV/EBITDA 8,20
MARGEM BRUTA 31,46%
MARGEM OPERACIONAL 21,34%
MARGEM LÍQUIDA 14,46%
LUCRO POR AÇÃO 1,258
MARGEM EBITDA 37,45%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 134,10%
ROE 13,56%
LIQUIDEZ CORRENTE 1,84

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 4T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 29,11%
RESULTADO BRUTO 56,19%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -24,35%
RESULTADO OPERACIONAL 179,83%
RESULTADO LÍQUIDO 96,16%
EBITDA 64,05%

b) 4T17 sobre 4T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 29,11%
RESULTADO BRUTO 56,19%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -24,35%
RESULTADO OPERACIONAL 179,83%
RESULTADO LÍQUIDO 96,16%
EBITDA 64,05%

c) lucro (taxa média anual)
UA 96,16%
U2A 58,63%
U3A 24,73%

d) patrimônio líquido médio
UA 17,60%
U2A 13,94%
U3A 15,11%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 15,73
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): +2,50% !!!!
[...]

Análise Coin Valores
O Grupo São Martinho está entre os maiores grupos sucroenergéticos do Brasil, com
capacidade de moagem próxima a 14 milhões de toneladas, destinadas a produção de açúcar e etanol nas três usinas em operação: Usina São Martinho localizada em Pradópolis (região de Ribeirão Preto, SP); Usina Iracema, em Iracemápolis (região de Limeira, SP) e Usina Boa Vista (Quirinópolis, a 300km de Goiânia, GO), além de uma unidade para produção de ácido ribonucleico, a Omtek, também em Iracemápolis. O índice médio de mecanização da colheita é de 86%, chegando a 100% na Usina Boa Vista. Desde a Safra 2008/09, passamos também a comercializar energia elétrica produzida a partir da queima do bagaço da cana-de-açúcar.

RETROSPECTIVA 2010
O ano de 2010 foi marcado por uma forte recuperação nos preços de açúcar e etanol, trazendo os resultados do Grupo São Martinho para outro patamar de rentabilidade.
Desde o início da Safra 2010/11 (abril/10) registramos crescimento de 23,9% na Receita Líquida no Comparativo 6M11 x 6M10, enquanto o EBITDA ajustado do Grupo apresentou crescimento ainda mais expressivo de +103,5% neste mesmo período.
Em junho deste ano, o Grupo anunciou uma parceria estratégica com a Petrobras Biocombustível S.A. para a produção de etanol no Centro-Oeste do Brasil, envolvendo os ativos do grupo São Martinho “Usina Boa Vista S.A.” e a “SMBJ Agroindustrial S.A.”, ambos localizados no Estado de Goiás.
Em agosto, aprovamos a primeira fase do projeto de cogeração na Usina São Martinho. Este projeto demandará R$ 173 milhões em investimentos, que resultarão em um excedente de energia para comercialização de 244.00 MWh à partir da safra 2013/2014.
No final deste ano, anunciamos uma reorganização societária visando a otimização e eficiência de nossas operações, principalmente, no escopo administrativo, financeiro e fiscal.

PERSPECTIVA 2011
Para o ano de 2011, esperamos resultados ainda mais robustos devido ao cenário atual de preços de açúcar e etanol.
Adicionalmente, pretendemos dar continuidade no plano estratégico da companhia visando garantir o aumento da capacidade de moagem do grupo e implementação dos projetos anunciados durante o ano de 2010.

1227 - jparthur - 25/Jan/2009 22:41
"Apesar do setor sucroalcoleiro estar em crise, devido a falta de financiamento, o que você acha das ações da Cosan (CSAN3) e são martinho SMTO3."
Você acho que como a chegada de Obama e seus planos de investir em biocombustiveis poderia haver oportunidade de negocios com os USA.
"Pessoalmente não gosta da CSAN3 devido a manipulação que houve ano passado, mas a SMTO3 me pareça interessante a longo prazo. Tambem poderá haver fusões deste setor para poder diminuir os riscos e ter mais facilidade para ter acesso ao credito."

Nenhum comentário: