Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

sábado, 10 de outubro de 2009

Cosan (CSAN)



Recomendações

Carteiras
egidiosantanna (jan/13) - LarryKudlow (mar/16abr/16, mai/16, jun/16, jul/16, ago/16)
Balanços
1T2018 -
marcosvinicius2  -
PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). COSAN S/A PROFORMA: O EBITDA ajustado atingiu R$ 1,3 bilhão (+11%) no período, reflexo da melhoria contínua do desempenho operacional de todos os negócios. Na Raízen Combustíveis, o volume vendido segue acima da média do mercado, suportado pelo foco no relacionamento sustentável com a rede de postos revendedores. Na Raízen Energia, o último trimestre da safra 2017/18 permitiu acelerar as vendas de produtos, conforme dinâmica de comercialização prevista para o ano, encerrando a safra com a entrega do guidance, mesmo com a deterioração do preço do açúcar. As vendas da Comgás seguem crescendo com consistência, reflexo da conexão de novos clientes e maior atividade industrial. Na Moove, FOI MANTIDO o foco no aumento dos volumes vendidos no Brasil e na expansão das operações internacionais. O LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO da Cosan alcançou R$ 361 milhões no 1T18 e a geração de caixa para os acionistas (FCFE) foi de R$ 1,8 bilhão, incluindo a entrada de caixa de R$ 1,3 bilhão pela venda dos direitos creditórios pela Cosan. Consequentemente, a alavancagem (dívida líquida/EBITDA proforma) caiu para 1,5x ao final do trimestre.; LUCRO LÍQUIDO = A Cosan apresentou lucro líquido de R$ 346 milhões no 1T18 (+68% versus 1T17). Este crescimento é fruto do melhor resultado operacional de todas as linhas de negócio bem como das menores despesas financeiras do período. Vale lembrar que o resultado líquido do trimestre foi impactado por efeitos não recorrentes nos negócios, conforme reconciliado na seção “EBITDA e Lucro Líquido ajustados”. O lucro líquido ajustado pelos efeitos extraordinários seria de R$ 361 milhões no 1T18 versus R$ 232 milhões no 1T17.

A2017/4T2017 -
marcosvinicius2 -
PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). Cosan alcançou EBITDA ajustado proforma de R$ 1,2 bilhão (-7%) no 4T17 encerrando 2017 com R$ 5,1 bilhões (-10%), o maior da história da Companhia. O lucro líquido ajustado do ano totalizou R$ 695 milhões (+12%), já incluindo o resultado negativo de R$ 101 milhões do 4T17.; A geração de caixa livre proforma (FCFE) da Cosan, incluindo 50% da Raízen, somou R$ 410 milhões no trimestre atingindo R$ 643 milhões em 2017. A alavancagem (divida líquida/EBITDA proforma) permaneceu em 2,0x.

2T2017 -
marcosvinicius2  - 
Lucro (Prejuízo) Líquido = A Cosan apresentou prejuízo de R$ 76 milhões no 2T17, frente ao lucro líquido de R$ 280 milhões reportado no 2T16, reflexo principalmente o menor resultado contábil: (i) da Raízen Energia, afetado principalmente pelo impacto não caixa da variação do ativo biológico e (ii) da Comgás, impactado pela mecânica de devolução do conta corrente regulatório. Adicionalmente, vale ressaltar que o resultado líquido do trimestre foi negativamente impactado por EFEITOS NÃO RECORRENTES nos negócios. O lucro líquido ajustado por estes efeitos extraordinários seria de R$ 25 milhões versus R$ 163 milhões no trimestre anterior.
Características
Produção de açúcar, etanol e cogeração de energia, distribuição de combustíveis, produção e distribuição de lubrificantes, tranporte e carregamento de açúcar. Operador de terras e distribuição de gás
Links
353498  - paulo_prof -  07 Set 2018, 20:27
Citação: marcosvinicius2 - Post #353496 - 07/Set/2018 14:57
Prof. percebi que a RAIL e a RLOG apresentam EXATAMENTE o mesmo relatório da adm, qual seria a explicação disso?
"RELATÓRIO DE RESULTADOS 2T18 = Curitiba, 07 de agosto de 2018 –A RUMO S.A. (B3: RAIL3)(“Rumo”) e a COSAN LOGÍSTICA S.A. (B3: RLOG3)(“Cosan Logística”) anunciam hoje seus resultados do segundo trimestre de 2018 (2T18)composto por abril, maio, junho. Os resultados são apresentados de forma consolidada, de acordo com as regras contábeis brasileiras e internacionais (IFRS). As comparações realizadas neste relatório levam em consideração o 2T18 e 2T17, exceto quando indicado de outra forma."
Não é bem assim ...

A Cosan é uma holding que controla diretamente um único operacional: a Rumo.

A Receita Líquida e o Resultado Bruto Consolidado, portanto, tem que ser o mesmo. Como as despesas administrativas da Cosan são muito pequenas, o Resultado Antes do Financeiro e Impostos é muito parecido, mas não é o mesmo. Como a Cosan tem um caixa muito pequeno e não tem dívidas, o Resultado Financeiro é muito pequeno. Em consequência, o Resultado Financeiro Consolidado tem que ser praticamente igual, mas não é o mesmo.

No frigir dos ovos, o lucro líquido também não pode ser o mesmo:

Resultado Líquido da Cosan: (R$ 35,034 milhões)

Resultado Líquido da Rumo: (R$ 34,533 milhões)

351171  - marcosvinicius2  -  13 Jun 2018, 23:07
COMENTÁRIO: PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). COSAN S/A PROFORMA: O EBITDA ajustado atingiu R$ 1,3 bilhão (+11%) no período, reflexo da melhoria contínua do desempenho operacional de todos os negócios. Na Raízen Combustíveis, o volume vendido segue acima da média do mercado, suportado pelo foco no relacionamento sustentável com a rede de postos revendedores. Na Raízen Energia, o último trimestre da safra 2017/18 permitiu acelerar as vendas de produtos, conforme dinâmica de comercialização prevista para o ano, encerrando a safra com a entrega do guidance, mesmo com a deterioração do preço do açúcar. As vendas da Comgás seguem crescendo com consistência, reflexo da conexão de novos clientes e maior atividade industrial. Na Moove, FOI MANTIDO o foco no aumento dos volumes vendidos no Brasil e na expansão das operações internacionais. O LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO da Cosan alcançou R$ 361 milhões no 1T18 e a geração de caixa para os acionistas (FCFE) foi de R$ 1,8 bilhão, incluindo a entrada de caixa de R$ 1,3 bilhão pela venda dos direitos creditórios pela Cosan. Consequentemente, a alavancagem (dívida líquida/EBITDA proforma) caiu para 1,5x ao final do trimestre.; LUCRO LÍQUIDO = A Cosan apresentou lucro líquido de R$ 346 milhões no 1T18 (+68% versus 1T17). Este crescimento é fruto do melhor resultado operacional de todas as linhas de negócio bem como das menores despesas financeiras do período. Vale lembrar que o resultado líquido do trimestre foi impactado por efeitos não recorrentes nos negócios, conforme reconciliado na seção “EBITDA e Lucro Líquido ajustados”. O lucro líquido ajustado pelos efeitos extraordinários seria de R$ 361 milhões no 1T18 versus R$ 232 milhões no 1T17.:

CSAN3
PREÇO: 35,62
PAYOUT (2017): 28,89%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 9,98
P/VPA 1,49
PSR 1,76
DY 2,89%
EV/EBITDA 6,65
MARGEM BRUTA 32,81%
MARGEM OPERACIONAL 25,83%
MARGEM LÍQUIDA 17,68%
LUCRO POR AÇÃO 3,569
MARGEM EBITDA 43,48%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 135,58%
ROE 14,89%
LIQUIDEZ CORRENTE 1,74

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 1T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 14,79%
RESULTADO BRUTO -1,83%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -12,35%
RESULTADO OPERACIONAL 48,58%
RESULTADO LÍQUIDO 46,64%
EBITDA 17,21%

b) 1T18 sobre 1T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 35,32%
RESULTADO BRUTO 13,77%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -20,43%
RESULTADO OPERACIONAL 57,93%
RESULTADO LÍQUIDO 68,38%
EBITDA 20,61%

c) lucro (taxa média anual)
UA 46,64%
U2A 23,21%
U3A -671,91%

d) patrimônio líquido médio
UA 4,88%
U2A 4,16%
U3A 0,16%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 44,61
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): -5,0% !!!!
[...]

348771 - marcosvinicius2 -  08 Abr 2018, 16:20
COMENTÁRIO: PAPEL DEVIDAMENTE PRECIFICADO ( * ). Cosan alcançou EBITDA ajustado proforma de R$ 1,2 bilhão (-7%) no 4T17 encerrando 2017 com R$ 5,1 bilhões (-10%), o maior da história da Companhia. O lucro líquido ajustado do ano totalizou R$ 695 milhões (+12%), já incluindo o resultado negativo de R$ 101 milhões do 4T17.; A geração de caixa livre proforma (FCFE) da Cosan, incluindo 50% da Raízen, somou R$ 410 milhões no trimestre atingindo R$ 643 milhões em 2017. A alavancagem (divida líquida/EBITDA proforma) permaneceu em 2,0x.:

CSAN3
PREÇO: 39,58
PAYOUT (2017): 28,89%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 12,27
P/VPA 1,71
PSR 2,10
DY 2,35%
EV/EBITDA 7,81
MARGEM BRUTA 34,22%
MARGEM OPERACIONAL 25,66%
MARGEM LÍQUIDA 17,15%
LUCRO POR AÇÃO 3,225
MARGEM EBITDA 45,15%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 148,73%
ROE 13,92%
LIQUIDEZ CORRENTE 1,56

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 4T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 1,71%
RESULTADO BRUTO -11,18%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -31,31%
RESULTADO OPERACIONAL 32,49%
RESULTADO LÍQUIDO 26,95%
EBITDA 1,60%

b) 4T17 sobre 4T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 1,71%
RESULTADO BRUTO -11,18%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -31,31%
RESULTADO OPERACIONAL 32,49%
RESULTADO LÍQUIDO 26,95%
EBITDA 1,60%

c) lucro (taxa média anual)
UA 26,95%
U2A 40,47%
U3A 65,15%

d) patrimônio líquido médio
UA 5,64%
U2A 3,50%
U3A -1,21%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ 40,31
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): -0,5% !!!!
[...]

341930  - marcosvinicius2  -  09 Set 2017, 16:07
Lucro (Prejuízo) Líquido = A Cosan apresentou prejuízo de R$ 76 milhões no 2T17, frente ao lucro líquido de R$ 280 milhões reportado no 2T16, reflexo principalmente o menor resultado contábil: (i) da Raízen Energia, afetado principalmente pelo impacto não caixa da variação do ativo biológico e (ii) da Comgás, impactado pela mecânica de devolução do conta corrente regulatório. Adicionalmente, vale ressaltar que o resultado líquido do trimestre foi negativamente impactado por EFEITOS NÃO RECORRENTES nos negócios. O lucro líquido ajustado por estes efeitos extraordinários seria de R$ 25 milhões versus R$ 163 milhões no trimestre anterior.

CSAN3
PREÇO: 38,69
PAYOUT (2016): 84,64%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L 24,85
P/VPA 1,75
PSR 2,24
DY 4,31%
EV/EBITDA 9,87
MARGEM BRUTA 35,55%
MARGEM OPERACIONAL 13,26%
MARGEM LÍQUIDA 9,03%
LUCRO POR AÇÃO 1,557
MARGEM EBITDA 36,48%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 43,82%
ROE 7,04%
LIQUIDEZ CORRENTE 1,59

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 2T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -15,87%
RESULTADO BRUTO -16,27%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -21,91%
RESULTADO OPERACIONAL -42,87%
RESULTADO LÍQUIDO -46,68%
EBITDA -26,46%

b) 2T17 sobre 2T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -6,78%
RESULTADO BRUTO -27,83%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO 2,92%
RESULTADO OPERACIONAL -103,52%
RESULTADO LÍQUIDO -127,00%
EBITDA -55,42%

c) lucro (taxa média anual)
UA -46,68%
U2A ND
U3A 60,30%

d) patrimônio líquido médio
UA 4,77%
U2A 0,01%
U3A -2,49%

EMPRESTIMOS E FINANCIAMENTOS = A dívida bruta consolidada proforma da Cosan (excluindo o PESA da Raízen Energia) atingiu R$ 14,3 bilhões (+4%) no 2T17, refletindo a captação de R$ 1,0 bilhão na Raízen Energia com a emissão de Certificados de Recebíveis do Agronegócio (CRAs) em maio de 2017.

A alavancagem proforma da Cosan (incluindo as obrigações com acionistas preferencialistas) foi de 2,1x Dívida Líquida/EBITDA (considerando o EBITDA proforma dos últimos 12 meses). Se considerarmos a normalização do resultado da Comgás pelo efeito da conta corrente regulatório, a alavancagem permaneceria em 2,1x.

( * ) É PRECISO VERIFICAR NO RELATÓRIO DA ADM. A EXISTÊNCIA DE RESULTADO NÃO RECORRENTE:
( ** ) EMPRESAS DO SETOR FINANC onde houve necessidade de digitar os valores de REC INT FINANC (a pesquisa avançada não importou esses valores ) = BAZA3, BBDC3, BBDC4, BEES3, BEES4, BIGP3, BGIP4, BMEB3, BMEB4, BMIN3, BMIN4, BNBR3, BPAN4, BRIV3, BRIV4, BRSR3, BRSR5, BRSR6, BSLI4, CRIV3, CRIV4, IDVL3 IDVL4 ITUB3, ITUB4, PINE4, PRBC4, SANB11, SANB3, SANB4 E SFSA4;
( *** ) A VMCM = 5,56000000 foi calculada utilizando-se uma amostragem de 327 empresas com PL > 0 (Desta vez não foi utilizado o critério de LIQUIDEZ MÍNIMA). Na tentativa de um valor abaixo do indicado, a VMCM apresentou um valor < 5, o que indicaria um mercado subprecificado: forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?f=6&t=10754&start=620#p2082722
( **** ) Foram EXCLUÍDAS da amostragem inicial as empresas = DAGB33, MERC4, BRAP4, BRAP3, ECPR4, JBDU3, LFFE4, LFFE3, SBSP3, BAHI3, BMTO4, BMTO3 E LIPR3;

339036 - paulo_prof -  03 Jun 2017, 17:34
O problema com a CSNA3 é que já há muito não há informações. Os últimos resultados que a empresa divulgou foram aqueles do 3T16.

A questão é por que a empresa ainda não divulgou os resultados do exercício de 2016 e do 1T17?

Normalmente a resposta para esta questão é: o auditor discorda ou da DRE ou do Balanço Patrimonial da forma como foram contabilizados e quanto maior o período de tempo nesta condição, maior deve ser a queda de braços entre a direção da empresa e do auditor.

Sem uma visão do operacional da empresa qualquer ação seria no escuro.

166343 - DANIELBOSSAN -  06 Fev 2013, 22:57
COSAN S.A. INDUSTRIA E COMERCIO
CSAN3

Resultado do 3º Trimestre de 2012

A empresa anunciou lucro líquido de R$ 342,3 M no 3T12, uma variação de 20,9% em relação ao segundo trimestre de 2012 e acréscimo de 265,1% em relação ao terceiro trimestre de 2011.

Os ativos totais registraram o saldo de R$ 18,8 B, acréscimo de 33,5% em relação ao saldo no 3° trimestre de 2011. O patrimônio líquido atingiu a soma de R$ 9,7 B neste trimestre, o que representou uma variação de 8,4% em relação ao saldo no 3° trimestre de 2011.

Neste período, a ação oscilou 12,7% contra 3,0% do Ibovespa, enquanto que o valor de mercado alcançou R$ 16,9 B contra R$ 10,7 B no 3T11.

160712 - GARUDA20 -  17 Dez 2012, 15:40
Excelente empresa, a gestao, apesar da maioria achar o contrario, eh excelente. No passado, na tentativa de manter o controle do negocio (negocio familiar), o Ometto usou uma brecha na lei sa para criar uma nova qualidade de acoes para que tivesse a maioria dos votos, pois corria o risco de perder o controle para outros grupos.

Hoje nao se pode dizer que eh uma empresa de acucar e alcool. Virou uma Holding, com Logistica, Imoveis Rurais, Alimentos (UNIAO) e recentimente Gas.

Nao estah uma pechincha mas tem ainda muito crescimento para entregar. Acredito ser uma boa empresa para o medio e longo prazo. Tenho CZLT11 comprada a alguns anos PM 18,00.

Comprou a distribuicao da Esso e Shell (falaram que foi Joint Venture, mas na realidade a Csan comprou a distribuicao da Shell Brasil), ta no controle da Cgas e se nao me engano ALL. Talvez torne-se a proxima UGPA, so o tempo dirah!

155612 - israel007 -  08 Nov 2012, 02:04
CSAN3

Empresa: COSAN S.A. INDUSTRIA E COMERCIO Ação: COSAN ON Setor: Consumo não Cíclico Subsetor: Alimentos Processados
Resultado do 2º Trimestre de 2012

A empresa anunciou lucro líquido de R$ 283,2 M no segundo trimestre de 2012, aumento de 348,2% em relação ao segundo trimestre de 2011, ante um prejuízo de R$ 63,2 M no 1° trimestre de 2012.

Os ativos totais registraram o saldo de R$ 14,3 B, acréscimo de 3,8% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior. O patrimônio líquido atingiu a soma de R$ 9,4 B no 2° trimestre de 2012, o que representou uma variação de 6,6% em relação ao saldo no segundo trimestre de 2011.


117705 - paulo_prof - 28/Fev/2012 22:24
citação: harisonoliveirasmall, prof. paulo e demais colegas....

qual a opinião de vcs em relação a csan3???

divida liquida caindo, margens melhorando e lucro e patrimonio liquido melhor.

açúcar cada vez mais caro.

abracos....

Como já havia alertado, não se deve esquecer que no 2T11 a Cosan "vendeu" ativos seus para a constituição da Raizen, tendo com esta operação um lucro não recorrente altíssimo (acima dos R$ 2 bilhões).

Pelas minhas contas, na melhor das hipóteses, o lucro anual recorrente da CSAN seria de R$ 635 milhões (nos últimos 12 meses foi, de fato, aprox. R$ 576 milhões). Ao preço de R$ 30,80, isto corresponde a P/L = 19,7 e ROE = 7%. Por outro lado, P/VPA = 1,39.

Na minha opinião, os indicadores não mostram uma Brastemp ... Para justificar o preço atual sem nenhuma margem de segurança, o lucro líquido acima (que já está superestimado) teria que crescer, pelos próximos 3 anos, numa média anual real de 28% (perpetuidade real de 0%; taxa de desconto real de 10%).

Sei não !!!


Análise da Coin Valores
A Cosan S.A. Indústria e Comércio é a única Companhia de energia renovável totalmente integrada através de suas unidades de negócio: (i) Radar Propriedades Agrícolas, que atua no investimento em propriedades agrícolas; (ii) Cosan Açúcar e Álcool, responsável pela produção de açúcar, etanol e cogeração de energia a partir da cana-de-açúcar; (iii) Rumo Logística, empresa do grupo responsável pela logística de exportação de açúcar; (iv) Cosan Alimentos, que concentra as marcas União e DaBarra e (v) Cosan Combustíveis e Lubrificantes, responsável pela distribuição e comercialização de combustíveis e lubrificantes. Essa estrutura faz da Cosan a terceira maior produtora de açúcar do mundo, maior produtora mundial de etanol a partir da cana de açúcar, a maior exportadora mundial de açúcar e a quarta maior distribuidora de combustíveis do Brasil.

RETROSPECTIVA 2010
O ano de 2010 foi marcado pela assinatura de contratos definitivos para a criação de uma Joint Venture proposta envolvendo certos ativos da Cosan e da Shell International Petroleum Company Limited. Cada empresa terá 50% de participação na nova entidade, com ações ordinárias. A Cosan contribuirá com suas atividades de açúcar, etanol e co-geração de energia, distribuição e comercialização de combustíveis e os ativos de logística de etanol. Em contrapartida, a Shell contribuirá com seus ativos de distribuição e comercialização de combustíveis (varejo e aviação) no Brasil e sua participação em empresas de pesquisa e desenvolvimento a partir da biomassa, inclusive de etanol. Esta nova empresa terá uma rede de aproximadamente 4.500 postos de combustíveis em todo o Brasil, consolidando-se como o terceiro maior distribuidor de combustíveis do país. Nos 9 meses de janeiro a setembro de 2010, a Cosan apresentou receita líquida consolidada de R$ 13,1 bilhões, EBITDA de R$ 1,7 bilhão e Dívida Líquida de R$ 4,7 bilhões, representando 2,1x o EBITDA dos últimos 12 meses. Estes resultados foram beneficiados pela entrada em operação das atividades de transporte ferroviário com a compra de 729 vagões e 50 locomotivas pela Rumo Logística, e pelos resultados da venda de energia das novas plantas de cogeração.

PERSPECTIVA 2011
Em 2011, a Companhia focará na formação da JV proposta com a Shell e na integração de suas atividades para otimizar custos e processos com objetivo de extrair sinergias. Em adição, dará continuidade aos investimentos iniciados pela Rumo para a formação de uma solução logística multimodal integrada para o açúcar e buscará alavancar os ativos de distribuição e a marca União através da Cosan Alimentos.

Dessa forma, a Cosan continuará a buscar o crescimento sustentável, maximizando o valor a todos os clientes, parceiros, acionistas e colaboradores.


21487 - small caps - 17/Nov/2009 00:35
citação: prascobraSmall, se puder comentar cosan... Qcredito que esta em um belo momento graficamente e com a mudanca de perfil e aquisicao da esso penso em boas possibilidades MP/LP.
Abc e parabens pelo forum
prascobra, não gosto ainda do setor. Muito volátil e diversas vezes na história ameaçou ir, e voltou... Hoje está por cima. O produto está em níveis historicamente altos, caros. E nunca esteve absurdamente barato para o nível de volatilidade de resultados. Diferentemente de tantos outros setores que já deram oportunidades históricas de compras, como exemplo:
em 2001, empresas produtoras de commoditires, especialmente siderúrgicas; e também empresas elétricas...
em 2008, último trimestre, bancos médios e construção civil.
Mas temos que ficar de olho. Um dia o setor pode provar ser o "próximo" a oferecer ativos com margem de segurança considerável...
14-DEZ-09 Cosan S.A., maior grupo do setor sucroenergético brasileiro, adquiriu a rede de postos de combustíveis da marca Petrosul. No total, foram comprados 83 postos, localizados no Estado de São Paulo.
Segundo a Cosan, os postos passarão a fazer parte da rede Esso imediatamente, por meio de um processo de transição de marca. A decisão faz parte da estratégia da empresa de realizar investimentos nas marcas Esso e Mobil e seguir aumentando sua participação nos mercados de combustíveis e lubrificantes.
Esta operação está restrita somente aos postos, sem envolver os ativos de distribuição e armazenamento de combustíveis pertencentes ao atual proprietário. Dos 83 postos adquiridos, 50 são próprios e 33 possuem a bandeira da Petrosul.
Silva informou ainda que, com a venda dos postos, a Petrosul vai se focar na distribuição de combustíveis. A Petrosul Distribuidora atende 650 postos nos Estados de São Paulo, Goiás e Mato Grosso. "Depois do negócio fechado com a Cosan, os 90 postos da Petrosul passarão a ser atendidos pela Esso, mas ainda teremos 560 outros postos como clientes", disse.
Nas unidades próprias, a Cosan. será proprietária do fundo de comércio e da bandeira, que passa a ser a da Esso. Nas demais unidades, ela passará a deter o embandeiramento, que será trocado de Petrosul para Esso. Cerca de 40% da operação da Petrosul está focada no etanol e o restante na gasolina e no diesel.
Quarta maior distribuidora de álcool do País, segundo dados da Agência Nacional de Petróleo Gas Natural e Biocombustíveis (ANP), a Petrosul está na segunda posição do ranking em São Paulo, seu principal Estado de atuação. De acordo com a empresa, todos os seus produtos têm certificação da Petrobras.

A Cosan estuda ainda várias aquisições de grupos de postos menores, como estratégia para aumentar sua rede, em vez de comprar grandes grupos do setor. Em abril de 2008, a Cosan comprou a Esso do Brasil por US$ 826 milhões, incorporando seus 1.500 postos. A projeção da empresa é de um crescimento de 150 postos por ano.

2008 - paulorizzi - 01/Mar/2009 22:40
"Ao contrário do que possa parecer, a variação cambial no 4T08 foi maior do que no 3T08. A cotação do dolar PTAX em 30JUN foi de R$ 1,5919; em 30SET foi de R$ 1,9143 (valorização de 20,25%); em 30DEZ foi de R$ 2,3367 (valorização de 22,07%)."


2006 - alexandroobol - 01/Mar/2009 22:05
"Caro Small (e demais participantes),"
"Peço licença para solicitar uma opinião sobre a CSAN3 (sei que não é uma small). No último relatório trimestral (período de Agosto/08 a Outubro/08) ela teve prejuízo devido a variação cambial (dólar variou de 1,65 p/ 2,10 no trimestre). Porém, para este próximo trimestre (11/2008 a 01/2009) a variação é menor (dólar variou na faixa de 2,10 p/ 2,30). Por outro lado, o preço do açúcar vem subindo consideravelmente. Seria o começo de uma recuperação???"
Abaixo vou colar um texto onde a empresa fala sobre o resultado.


"""Este bom resultado operacional, todavia, foi contabilmente compensado pela despesa financeira não-caixa de variação cambial sobre dívidas denominadas em dólares, que, montando a R$501,4 milhões, tornaram o botton-line negativo em R$380,7 milhões. Do total deste resultado de variação cambial negativa, R$219,5 milhões são associados aos US$400 milhões de bônus com vencimento apenas em 2017 e R$246,9 milhões são relativos aos US$450 milhões de bônus perpétuos. Quando comparamos o fluxo futuro de exportações (da ordem de US$0,8 bilhão ao ano) com a dívida bruta em dólares levando em consideração a característica de longo prazo da mesma, observamos que o fluxo é muito maior que a dívida e gerará ganhos operacionais imensamente superiores a este resultado não-caixa registrado agora."""

1227 - jparthur - 25/Jan/2009 22:41

"Apesar do setor sucroalcoleiro estar em crise, devido a falta de financiamento, o que você acha das ações da Cosan (CSAN3) e são martinho SMTO3."

Você acho que como a chegada de Obama e seus planos de investir em biocombustiveis poderia haver oportunidade de negocios com os USA.

"Pessoalmente não gosta da CSAN3 devido a manipulação que houve ano passado, mas a SMTO3 me pareça interessante a longo prazo. Tambem poderá haver fusões deste setor para poder diminuir os riscos e ter mais facilidade para ter acesso ao credito."

Nenhum comentário: