Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

domingo, 11 de outubro de 2009

Habitasul (HBTS)




Recomendações

Carteiras

Balanços

Características

Links
356267 - marcosvinicius2 -  29 Nov 2018, 00:07
COMENTÁRIO: PAPEL SOBREVALORIZADO ( * ). RESULTADO LÍQUIDO = Resultado Líquido de R$ -41,639 milhões no 3T18 x R$ -7,427 milhões no 3T17; RESULTADO OPERACIONAL = R$ -61,867 milhões no 3T18 x -9,499 milhões no 3T17; RESULTADO FINANCEIRO = R$ -4,123 milhões no 3T18 x -3,231 milhões no 3T17; EBITDA = R$ -57,321 milhões no 3T18 x -5,824 milhões no 3T17; RECEITA OPERACIONAL LIQUIDA = A Receita Operacional Líquida do segmento de Desenvolvimentos Imobiliários no 3º trimestre findo em 30/09/2018 foi de R$ 6.539 mil ante o acumulado de R$ 20.584 mil no mesmo período do exercício anterior. Na receita líquida não está incluído o resultado positivo de equivalência patrimonial em sociedades coligadas.; Despesas Administrativas = As Despesas Administrativas apresentaram crescimento em comparação ao 3º trimestre de 2017, principalmente em consequência de Contingências, onde a Companhia reavaliou a condição das contingências de IPTU, e redirecionou sua postura e análise jurídica dos valores cobrados e passou a adotar uma posição para buscar um acordo com as Prefeituras de forma a deixar regularizadas todas as áreas e assim permitir que as negociações com terceiros evoluam. Para tanto, a controlada Habitasul Desenvolvimentos Imobiliários S.A. provisionou o valor de R$ 57.670:

HBTS5
PREÇO: R$ 11,99
PAYOUT (2017): -4,05%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L -0,64
P/VPA 0,43
PSR 8,31
DY 6,31%
EV/EBITDA -2,63
MARGEM BRUTA -240,54%
MARGEM OPERACIONAL -1604,09%
MARGEM LÍQUIDA -1294,63%
LUCRO POR AÇÃO R$ -18,670
MARGEM EBITDA -1321,96%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 144,22%
ROE -67,54%
LIQUIDEZ CORRENTE 2,61

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 3T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -82,96%
RESULTADO BRUTO -259,57%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO 340,25%
RESULTADO OPERACIONAL 1680,49%
RESULTADO LÍQUIDO 829,01%
EBITDA 8365,14%

b) 3T18 sobre 3T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -30,01%
RESULTADO BRUTO 43,70%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO 27,61%
RESULTADO OPERACIONAL 551,30%
RESULTADO LÍQUIDO 460,64%
EBITDA 884,22%

c) lucro (taxa média anual)
UA 829,01%
U2A 527,42%
U3A -413,95%

d) patrimônio líquido médio
UA -31,88%
U2A -17,50%
U3A -12,38%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ ND
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): ND !!!!
[...]

353348 - marcosvinicius2 -  04 Set 2018, 03:50
COMENTÁRIO: PAPEL SOBREVALORIZADO ( * ). A Receita Operacional Líquida do segmento de Desenvolvimentos Imobiliários no 1º semestre findo em 30/06/2018 foi de R$ 25.455 mil ante o acumulado de R$ 31.624 mil no mesmo período do exercício anterior. Na receita líquida não está incluído o resultado negativo de equivalência patrimonial em sociedades coligadas. A partir do exercício de 2018, o segmento de Desenvolvimento Imobiliário conta com a participação da controlada Jurerê Empreendimentos Imobiliários e Serviços Ltda, que deixou de fazer parte do segmento de Hotelaria e Turismo, em razão da alteração do seu objeto social. Nesse semestre, a controlada apresentou receita líquida de R$ 2.622 mil.; Os Custos dos Bens e/ou Serviços Vendidos acumulados em 2018 totalizaram R$ 31.635 mil representando, sem o efeito da Equivalência Patrimonial, 124,27% da receita líquida (62,01% no mesmo período de 2017), basicamente pela venda de dois ativos classificados como Propriedades para Investimentos em Viamão/RS, Gravataí/RS e Canela/RS e pela transferência do custo dos serviços prestados da controlada Jurerê Empreendimentos Imobiliários e Serviços Ltda para este segmento.

HBTS5
PREÇO: R$ 11,00
PAYOUT (2017): -4,05%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses

P/L -0,74
P/VPA 0,34
PSR 4,77
DY 5,50%
EV/EBITDA -3,57
MARGEM BRUTA -171,37%
MARGEM OPERACIONAL -754,33%
MARGEM LÍQUIDA -647,03%
LUCRO POR AÇÃO R$ -14,925
MARGEM EBITDA -582,07%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 114,64%
ROE -45,97%
LIQUIDEZ CORRENTE 1,11

Taxas de Crescimento Nominal

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 2T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -63,99%
RESULTADO BRUTO -580,82%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO 3864,48%
RESULTADO OPERACIONAL 1092,31%
RESULTADO LÍQUIDO 533,56%
EBITDA 1047,80%

b) 2T18 sobre 2T17, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -36,52%
RESULTADO BRUTO -106,46%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -76,27%
RESULTADO OPERACIONAL 121,29%
RESULTADO LÍQUIDO 121,97%
EBITDA 797,59%

c) lucro (taxa média anual)
UA 533,56%
U2A ND
U3A -379,55%

d) patrimônio líquido médio
UA -21,93%
U2A -10,67%
U3A -9,13%

Preço justo fornecido pela fórmula do FCD para uma taxa média de crescimento real nulo do lucro líquido dos últimos 12 meses durante 5 anos, perpetuidade real nula e taxa de desconto real de 8%: R$ ND
Ou, taxa de crescimento real do lucro líquido dos últimos 12 meses necessária, durante os próximos 5 anos, para que o preço justo fornecido pela fórmula do FCD seja igual ao preço corrente (com uma perpetuidade real nula e taxa de desconto anual real de 8%): ND !!!!
[...]

157069 - israel007 -  14 Nov 2012, 19:24
HBTS5

Empresa: CIA HABITASUL DE PARTICIPACOES Ação: HABITASUL PNA Setor: Financeiro e Outros Subsetor: Holdings Diversificadas
Resultado do 3º Trimestre de 2012

A empresa anunciou prejuízo líquido de R$ 4,9 M no 3° trimestre de 2012, contra perdas de R$ -8,6 M apurados no 2° trimestre de 2012. No mesmo período do ano anterior, o resultado havia sido negativo em R$ 3,9 M.

O resultado corresponde a uma margem bruta de 100,0% contra 100,0% no segundo trimestre de 2012 e 100,0% no mesmo período do ano passado. Já a margem líquida ficou em 106,9% no 3T12 contra 109,7% no 2T12.

Os ativos totais registraram o saldo de R$ 515,5 M, redução de 2,6% em relação ao saldo no 3T11. O patrimônio líquido atingiu a soma de R$ 508,8 M neste trimestre, valor -3,0% menor ao saldo no mesmo período do ano anterior.

33361 - paulo_prof - 21/Abr/2010 19:04
citação: atunpaulo prof,qual sua analise para HABITASUL HBTS5
Completamente fora do meu radar. Dei uma olhada muito rápida nas Notas Explicativas da DFP e parece que uns R$ 11 milhões do lucro líquido vieram de vantagens pela adesão ao parcelamento. Se for isto mesmo, o lucro líquido recorrente teria sido de aprox. R$ 6-7 milhões e um P/L de aprox. 10. O P/VPA = 0,67 é típico para pequenas holdings. Raramente passa de 0,8.

363 - small caps - 15/Nov/2008 13:42
"(355) ldsandrade, HBTS5 saiu da carteira neste mês de novembro. Até coloquei no blog: http://br.advfn.com/p.php?pid=blogbr&blog=small_caps&article=995"
"De qualquer sorte, era uma boa opção na época em que ingressou na carteira. As construtoras custavam 10 vezes mais e ela era uma das mais baratas. Além disso, a participação que tem na RANI3 tinha valor de mercado pelo menos 2 vezes superior ao valor de mercado da HBTS5. Na época o setor de papel e celulose estava a pleno vapor." 

263 - small caps - 03/Nov/2008 19:38

"HBTS5 tem uma participação relevante na Celulose Irani. É o seu grande atrativo. A RANI3 vinha tendo bons resultados, mas a sua dívida cambial deve levá-la a prejuízos no último trimestre."

258 - Nyassad - 02/Nov/2008 14:11
"Small caps, gostaria da sua opinião para as esquecidas bauh4 e hbts5, a primeira lançou novas ações no mercado passando de 3 milhões para 5,2 milhões, isso é ruim? ou não? porque depois disso soh cai. hbts5, segundo informações do desse forum, tem como presidente um cara que já foi preso e responde processos na justiça, o que não é mto bom."

Nenhum comentário: