Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

terça-feira, 31 de março de 2020

Baumer (BALM)



Subsetor
Segmento

Recomendações
 
  
Códigos de Negociação
Tipo
BALM3; BALM4


Balanços
A2019/4T2019 - DFP 31/12/2019

2T2017 -
marcosvinicius2  -
PAPEL SUBVALORIZADO (*). NOS ULTIMOS 45 TRIMESTRES, 4 APRESENTARAM LUCRO LIQUIDO NEGATIVO (8,8889%). MEDIA DE LUCRO LIQUIDO X 1.000 (U12M) = 1.290; (U24M) = 1478; (U36M) = 2125; (U48M) = 2326; MAIORES VARIAÇÕES = 12M X 12M : RESULTADO LÍQUIDO (-22,54%) E RESULTADO OPERACIONAL (-19,56%); 2T16 X 2T15 : RESULTADO LÍQUIDO (145,23%) E RESULTADO OPERACIONAL (139,17%). VALOR DE MERCADO (MIL) = 78.400; VALOR MAXIMO (MIL) = 117.796 NO 4T14; VE PSBE (MIL) = 90.667.
A empresa apurou lucro líquido de R$ 2,1 milhões no 2º trimestre de 2017.
A receita líquida somou R$ 22,7 milhões no 2º trimestre de 2017, um aumento de 8,7% em relação ao 1º trimestre de 2017 (20,9 milhões).
O resultado corresponde a uma margem bruta de 51,38% no segundo trimestre de 2017, contra 53,56% no trimestre anterior e 56,60% no 2º trimestre de 2016.
Os ativos totais registraram o saldo de R$ 157,6 Milhões, aumentando em 7,38% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior. O Patrimônio Líquido alcançou a soma de R$ 92,7 Milhões neste trimestre, o que representou uma variação de 6,33% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior.
  
Assembleias
AGO - 29/04/2020 16:30 - Assunto(s):  Tomada de Contas-Votação do Relatório da Administração e das Demonstrações Financeiras; Eleição de Membros dos Conselhos de Administração e Fiscal; Remuneração dos Administradores e Conselheiros; Destinação dos Resultados; Distribuição de Dividendos/Juros sobre Capital Próprio; Comentário dos administradores sobre a situação financeira da companhia
COMENTÁRIO: PAPEL SUBVALORIZADO (*). NOS ULTIMOS 45 TRIMESTRES, 4 APRESENTARAM LUCRO LIQUIDO NEGATIVO (8,8889%). MEDIA DE LUCRO LIQUIDO X 1.000 (U12M) = 1.290; (U24M) = 1478; (U36M) = 2125; (U48M) = 2326; MAIORES VARIAÇÕES = 12M X 12M : RESULTADO LÍQUIDO (-22,54%) E RESULTADO OPERACIONAL (-19,56%); 2T16 X 2T15 : RESULTADO LÍQUIDO (145,23%) E RESULTADO OPERACIONAL (139,17%). VALOR DE MERCADO (MIL) = 78.400; VALOR MAXIMO (MIL) = 117.796 NO 4T14; VE PSBE (MIL) = 90.667: 

BALM4  
PREÇO: 8,00
PAYOUT (2016): 87,73%

Múltiplos baseados nos últimos 12 meses  

P/L 15,19
P/VPA 0,77
PSR 0,69 
DY 1,88%
EV/EBITDA 9,63
MARGEM BRUTA 60,19%
MARGEM OPERACIONAL 7,29%
MARGEM LÍQUIDA 4,52%
LUCRO POR AÇÃO 0,527
MARGEM EBITDA 9,85%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 44,88%
ROE 5,09%
LIQUIDEZ CORRENTE 2,42

Taxas de Crescimento Nominal  

a) últimos 12 meses sobre 12 terminados no 2T16, nominal
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA 4,95%
RESULTADO BRUTO 3,48%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -18,03%
RESULTADO OPERACIONAL -19,56%
RESULTADO LÍQUIDO -22,54%
EBITDA -6,81%

b) 2T17 sobre 2T16, nominal  
RECEITA OPERACIONAL LÍQUIDA -2,78%
RESULTADO BRUTO -10,07%
RESULTADO FINANCEIRO NEGATIVO -137,23%
RESULTADO OPERACIONAL 139,17%
RESULTADO LÍQUIDO 145,23%
EBITDA -13,26%

c) lucro (taxa média anual)  
UA -22,54%
U2A -38,58%
U3A -23,89%

d) patrimônio líquido médio  
UA 9,81%
U2A 10,62%
U3A 10,74%

A empresa apurou lucro líquido de R$ 2,1 milhões no 2º trimestre de 2017.

A receita líquida somou R$ 22,7 milhões no 2º trimestre de 2017, um aumento de 8,7% em relação ao 1º trimestre de 2017 (20,9 milhões).

O resultado corresponde a uma margem bruta de 51,38% no segundo trimestre de 2017, contra 53,56% no trimestre anterior e 56,60% no 2º trimestre de 2016.

Os ativos totais registraram o saldo de R$ 157,6 Milhões, aumentando em 7,38% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior. O Patrimônio Líquido alcançou a soma de R$ 92,7 Milhões neste trimestre, o que representou uma variação de 6,33% em relação ao saldo no mesmo trimestre do ano anterior.

( * ) É PRECISO VERIFICAR NO RELATÓRIO DA ADM. A EXISTÊNCIA DE RESULTADO NÃO RECORRENTE:
( ** ) EMPRESAS DO SETOR FINANC onde houve necessidade de digitar os valores de REC INT FINANC (a pesquisa avançada não importou esses valores ) = BAZA3, BBDC3, BBDC4, BEES3, BEES4, BIGP3, BGIP4, BMEB3, BMEB4, BMIN3, BMIN4, BNBR3, BPAN4, BRIV3, BRIV4, BRSR3, BRSR5, BRSR6, BSLI4, CRIV3, CRIV4, IDVL3 IDVL4 ITUB3, ITUB4, PINE4, PRBC4, SANB11, SANB3, SANB4 E SFSA4;
( *** ) A VMCM = 5,56000000 foi calculada utilizando-se uma amostragem de 327 empresas com PL > 0 (Desta vez não foi utilizado o critério de LIQUIDEZ MÍNIMA). Na tentativa de um valor abaixo do indicado, a VMCM apresentou um valor < 5, o que indicaria um mercado subprecificado: forum.infomoney.com.br/viewtopic.php?f=6&t=10754&start=620#p2082722
( **** ) Foram EXCLUÍDAS da amostragem inicial as empresas = DAGB33, MERC4, BRAP4, BRAP3, ECPR4, JBDU3, LFFE4, LFFE3, SBSP3, BAHI3, BMTO4, BMTO3 E LIPR3;

25604 - danielbehar - 16/Jan/2010 19:10
citação: DanielRodriguesAlguém comenta BALM4? Mútiplos parecem bem interessantes, grande problema é a falta de liquidez, o que acham?
Daniel,
O Professor Paulo fez uma análise interessante esses dias.
A empresa está no meu radar há algum tempo. Os múltiplos, sem dúvida nenhuma, são excelentes (o DY poderia ser melhor). Só tem que tomar cuidado com o resultado do 4T08 - que ainda está refletindo nos múltiplos divulgados por FUNDAMENTUS e GUIAINVEST - que está meio fora do normal (não me aprofundei pra saber o que impactou tão positivamente tal resultado)
O grande problema é a liquidez. Praticamente não há negócios. Uma vez quase comprei BALM3, mas entrou em leilão e não tive como ficar no HB aumentando a oferta.
Esses dias saíram alguns negócios na casa de R$ 40,00. Sinceramente, em razão do problema da liquidez, só compraria abaixo de R$ 25,00.
Obs: Tem algum problema com os números do FUNDAMENTUS. Parece que não atualizaram o resultado do 3T09. GUIAINVEST, a princípio, tá certo.
Seguem múltiplos de BALM4(cotação R$ 37,50):
VPA - 37,04
P/VPA - 1,01
(PL)U9M - 8,10
(PL)U6M - 9,05
(PL)U3M - 8,95
(PSR)U9M - 0,53
(PSR)U6M - 0,51
(PSR)U3M - 0,51
(RPL%)U9M - 12,5
(RPL%)U6M - 11,18
(RPL%)U3M - 11,31
(MARG.BRUT.%) APTRIM - 56,49
(MARG.BRUT.%) PTRIM - 52,67
(MARG.BRUT.%) UTRIM - 50,89
(MARG.LIQ.%) APTRIM - 8,51
(MARG.LIQ.%) PTRIM - 5,65
(MARG.LIQ.%) UTRIM - 5,71
(MARG.EBIT%) APTRIM - 14,17
(MARG.EBIT%) PTRIM - 9,67
(MARG.EBIT%) UTRIM - 8,02
14,17 9,67 8,02
(P/EBIT) U9M - 5,06
(P/EBIT) U6M - 5,82
(P/EBIT) U3M - 6,38
LEGENDA:
APTRIM = ANTEPENULTIMO TRIMESTRE
PTRIM = PENULTIMO TRIMESTRE

UTRIM = ULTIMO TRIMESTRE


24959 - paulo_prof - 10/Jan/2010 21:41
citação: GersonlpAlguém acompanha Baumer (balm3/4)?
Grato.
Nunca tinha ouvido falar. Dei uma olhada.
Equipamentos Hospitalares.
Crescimento anual médio de 8,7% (últimos 5 anos)
O crescimento em 2009 deverá ser negativo.
Nos últimos 10 anos sempre apresentou resultado líquido positivo.
Payout em 2008: mínimo = 23,75%
Patrimônio Líquido em 30SET2009 = R$ 32,299 milhões
Lucro líquido últimos 12 meses = R$ 6,190 milhões
Valor de mercado = R$ 36,75 milhões
P/L da BALM4 = 5,94
P/VPA de BALM4 = 1,01
Acho que o lucro líquido do 4T08 (R$ 2,787 milhões) foi um pouco "turbinado" pela mudança na regra de contabilidade. Acho que no 4T09 o lucro não virá acima de R$ 1,5 milhões, de modo que um lucro líquido anual recorrente de aprox R$ 5 milhões (P/L = 7,35) é mais adequado.

O maior problema do ativo é sua baixíssima liquidez. Há meses em que não é negociado.

24539 - Gersonlp - 05/Jan/2010 19:32
citação: agressivo2
citação: GersonlpAlguém acompanha Baumer (balm3/4)?
Grato.
Já dei uma olhada. Essa empresa tem indicadores excelentes, por isso ninguém deve querer vender. No fundamentus a última cotação é de 20/10/2009 para BALM3 na máxima de 52sem R$30,06.

Hoje saiu ON a 38,xx e PN a 36,xx. Eu comprei para longo prazo. A liquidez é mínima.

6517 - danieljoseaa - 02/Jun/2009 17:58
citação: danielbeharPessoal,
Andei pesquisando algumas empresas no GUIAINVEST e me deparei com duas empresas que, numa primeira visada, parecem interessantes, não obstante a sofrível liquidez.
São elas: TRFO4/3 e BALM4/3. Talvez alguém já tenha analisado melhor as empresas e possa nos dar alguma opinião.
Com relação a TRFO, destaco que 70% da empresa é controlada pelo grupo WEG.
Um grande abraço
Daniel
Fala xará, também estive de olho na Balmer por esses dias, parece ser uma empresa muito bem fundamentada, atua num ramo(equipamentos hospitalares) que dificilmente apresentará algum declínio no curto e médio prazo, soltou um ótimo resultado no 1°tri, apresenta ótimos indicadores:
BALM3(cotação- 22,07)
P/L 4,65
P/VP 0,63
ROE 13,61%
Dívida/Pat 18,66%
Liq. Corrente 1,94
Isso tudo me animou, porém quando comecei a acompanhá-la no HB, percebi que sua liquidez beira a nulidade, é triste, depois da divulgação do balanço até aconteceram uns negócios mas...
É isso essa liquidez sofrível me desanimou um pouco, mas todo dia dou uma olhada nas ofertas, rs...

Nenhum comentário: