Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

Ultimas recomendações do Fórum Small Caps

Small Caps:
Nos bancos: BGIP4, PINE4 e PRBC4;

Na construção civil: JHSF3, HBOR3, EZTC3 e ETER3;

Na elétricas: COCE3 e ENBR3;

Nos serviços diversos: CGAS3, VIVT3 e CARD3,

Na indústria: TKNO4, GRND3 e FRAS4.

No ano, andou comprando também FJTA, OIBR, TPIS, SLED, TAEE ...

Na última temporada de balanços (2T2012), reforçou: EALT e iniciou posição em PTBL e BEMA.
============================================
Paulo Prof:
BBAS3, CGRA4, CIEL3, CSNA3, CTSA4, ENMA3B, ETER3, PDGR3, SAPR4, TIMP3, VALE5, VLID3, WHRL4

domingo, 11 de outubro de 2009

INDS Romi (ROMI)


Atualizado em:
27/02/2010
P/L <15
P/VPL <2
O*P (<22,5)
PSR (P/faturamento) <0,5
Preço Màximo
ROE(L/PL) >13%
Lucro/Prejuízo do Período
83,40
1,48
123,26
2,36
18,27
1,77%
12.101.000
1752 de 5068 18/Fev/2009 18:49 0
paulorizzi Usuário Premium Comentários: 702 - Desde: Dez 2007
"citação: dbcoelhoSmall_Caps e paulorizzi, poderiam falar algo a respeito de Romi3? Obrigado."
"Apesar de estar com múltiplos interessantes (P/L=3,47; P/VPA=0,64; PSR=0,63; DY=9,2), a queda de atividade no 4T08 foi bem maior do que eu esperava:"
Receita Bruta: -14% em relação a 4T07 e -18% em relação a 3T08
Receita Líquida: -12% em relação a 4T07 e -17% em relação a 3T08
Resultado Bruto: -22% em relação a 4T07 e -27% em relação a 3T08
Resultado Operacional: -49% em relação a 4T07 e -69% em relação a 3T08
Resultado Líquido: -46% em relação a 4T07 e -64% em relação a 3T08
"Acho, também, que a performance das unidades que tem na Italia é uma incógnita."
"Como a cotação do papel está longe do preço de mico, eu esperaria mais um trimestre para ver como a situação se desenvolve."
3767 de 5069 07/Abr/2009 18:29 0
paulorizzi Usuário Premium Comentários: 703 - Desde: Dez 2007
"O ""problema"" da ROMI foi a queda sofrida no 4T08. A receita e o lucro líquido apresentaram quedas de 17% e 53%, respectivamente. Acho mais prudente esperar o balanço do 1T09 para um posicionamento."
3768 de 5069 07/Abr/2009 18:43 0
pobre Comentários: 278 - Desde: Dez 2007
"quanto a romi, trabalho neste ramo, e os fornecedores da embraer compraram muitas máquinas da romi e estão tendo dificuldades de honrar o pagamento. Outras empresas de usinagem optaram por comprar máquinas ná China pois custa muito mais barato. Eu sinceramente não invisto na Romi e muito menos na Embraer!"
25228 de 25272Modificado em 13/Jan/2010 20:08 [Citar este comentário] 0
4 paulo_profComentários: 1282 - Desde: Jul 2009
citação: tintonesBuscando novas opções para minha carteira e lendo coisas escritas aqui no final do ano, vi que ROMI3 ficou esquecida nas discussões do forum. Alguém tem algo a falar sobre o papel?
Muito obrigado!
Entrei em UNIP6 hoje tb dnainvest
Se vc procurar direito vc deverá achar um ou outro blá sobre a ROMI3.
O problema da ROMI3 é que não é um mico. Para "andar", tem que produzir lucro. O valor de mercado é de R$ 941 milhões. Isto dá um P/VPA de 1,43. Para um P/L inferior a 16, o lucro líquido anual teria que ser de aprox. R$ 60 milhões, ou seja, R$ 15 milhões trimestrais. Enquanto ficar patinando na casa dos R$ 3 milhões só poderá andar de lado
27945 de 2805609/Fev/2010 23:16 [Citar este comentário] 3
4 paulo_profComentários: 1547 - Desde: Jul 2009
Bem, pessoal.
Hoje foram divulgados os resultados de PSSA3 e ROMI3. Nada para comemorar.
A Porto Seguro apresentou, no 4T09, um lucro líquido 62% maior do que aquele do 3T09. No ano, a evolução no lucro foi de 13,2%. O resultado do 4T09 é mais indicativo, porque já deve conter a contribuição da ISAR (controladora da Itau Seguros). Ocorre que a base de ações também aumentou e o lucro do 4T09 corresponde a um P/L anualizado de 12,5.
A Romi (coitada) até que tirou o pé da lama, mas está longe de repetir os resultados líquidos trimestrais de antes da crise. Embora o lucro do 4T09 tenha sido 157% maior do que o do 3T09 e praticamente idêntico ao do 4T08, foi 54% menor do que aquele do 3T08 (antes da crise). Na base anual, o lucro apresentou 84% de queda. O P/L do 4T09, anualizado, é 15,5.
27949 de 2805610/Fev/2010 01:04 [Citar este comentário] 2
4 small capsComentários: 3398 - Desde: Fev 2007
O destaque em ROMI3 ficou por conta da "pujante" entrada de pedidos...
http://www.romi.com.br/fileadmin/Editores/Empresa/Investidores/Documentos/Relat orios/Release4T09_Final.pdf
Bom presságio de melhora do balanço para os próximos trimestres, então... Não se pode esquecer que o setor de bens de capital é o último na cadeia industrial a sinalizar a recuperação da economia...
Abraços,
Small caps.
27951 de 28056Modificado em 10/Fev/2010 01:12 [Citar este comentário] 1
4 small capsComentários: 3398 - Desde: Fev 2007
Sobre ROMI3, comparar com o mesmo período de 2008 é bater em cachorro morto. Mas isto mostra o que era o que poderá ser...
Diretamente do relatório da empresa:
"Entrada de Pedidos (valores brutos, com impostos)
Entrada de Pedidos (R$ mil) 4T08 4T09 Var.%
Máquinas-Ferramenta 40.852 158.061 286,9
Máquinas para Plásticos 8.589 71.065 727,4
Fundidos e Usinados 3.625 17.585 385,1
Total 53.066 246.711 364,9
Neste 4T09, notam-se os efeitos da maior demanda por nossos produtos, principalmente em máquinas para plásticos, com crescimento de 727,4%. As principais razões para o incremento da demanda são o inicio da recuperação econômica do Setor Industrial, a nova política de juros para financiamentos de Bens de Capital e a correta estratégia da Companhia em diversificação de portfólio de produtos (tornos pesados e novas linhas de máquinas sopradoras), resultando assim em um aumento de 364,9% na entrada de pedidos em relação ao ano
anterior."
Aqui fica evidente a evolução da carteira de pedidos e o período em que tiveram que "vender o almoço para pagar a janta"... :
"Carteira de Pedidos (R$ mil) 1T09 2T09 3T09 4T09 Var.%
Máquinas-Ferramenta 60.154 65.358 93.894 121.817 29,7
Máquinas para Plásticos 23.098 26.711 39.780 67.103 68,7
Fundidos e Usinados 8.636 4.510 7.738 9.952 28,6
Total 91.888 96.579 141.412 198.872 40,6"
Abraços,
Small caps.
27953 de 2805610/Fev/2010 02:19 [Citar este comentário] 2
4 paulo_profComentários: 1547 - Desde: Jul 2009
Small
a) Não concordo que comparar o 4T09 com o 4T08 seja "bater em cachorro morto". Por sinal, a Receita Líquida no 4T09 foi um pouco maior do que a do 4T08, em plena crise. O resultado levemente melhor no 4T08 foi devido a margens levemente melhores.
b) A carteira de pedidos no mercado interno, em 2009, somou R$ 529 milhões; como a receita bruta no mercado interno somou aprox. R$ 504 milhões, conclui-se que a carteira de pedidos de determinado trimestre praticamente é atendida no mesmo trimestre. Noutras palavras, não parece haver um back log considerável.
c) Se pensarmos na empresa como dividida em 4 setores: máquinas ferramenta, máquinas para plásticos, fundidos & usinados e operações no exterior, o único segmento que deu lucro em 2009 foi o de máquinas ferramentas.
No 4T09, a Receita Líquida foi somente 2% (isto mesmo, dois por cento) menor do que a receita líquida do 2T08. O Resultado Líquido, entretanto, foi 48% menor. Evidentemente, a razão é porque as margens foram para as cucuias. Enquanto que antes da crise a margem bruta era de 41% em média, em 2009 (4T09 inclusive) foi de apenas 31%.


99163 de 9918625/Out/2011 21:54 2
 paulo_profComentários: 0 - Desde: Jul 2009
Romi ...

A Receita Líquida involuiu -1% na base trimestral e na base de 9 meses e evoluiu 2% na base anual.

O lucro do 3T11 foi 66% menor do que aquele do 3T10 e o ebitda foi 67% menor. O lucro dos 9M11 foi 58% menor do que aquele dos 9M10 e o Ebitda dos 9M11 foi 59% menor do que aquele dos 9M10. Nos últimos 12 meses, lucro e ebitda foram, respectivamente, 43% e 39% menores do que os 12 meses anteriores.

Estpa evidente que o problema está nas margens: todas deterioraram no período.

Ao preço de R$ 6,50, os novos indicadores são (baseados nos últimos 6 meses, porque baseados nos últimos 12 meses vcs poderão ver nos sites especializados)

PAYOUT (2010) 57,5%
P/L 18,13
P/VPA 0,69
PSR 0,71
DY 3,17%
EV/EBITDA 32,35
MARGEM BRUTA 29,4%
MARGEM OPERACIONAL 4,0%
MARGEM LÍQUIDA 3,9%
LUCRO POR AÇÃO (ANUALIZADO) R$ 0,3585
MARGEM EBITDA 5,9%
DÍVIDA BRUTA/PATRIMÔNIO LÍQUIDO 145,7%
ROE 3,8%

Taxas de Crescimento do Lucro Líquido (nominal)
UA -43,02%
U2A 73,80%
U3A -33,03%

Taxas Médias de Crescimento do Patrimônio Líquido Médio (nominal)
UA 1,43%
U2A 2,04%
U3A 1,93%

Observações:
As taxas de crescimento são nominais, ou seja, não foi descontada a inflação;
UA, U2A e U3A significam, o resultado dos últimos 12 meses sobre os resultados dos 12 meses, respectivamente, 12, 24 e 36 meses anteriores.

Considerando uma taxa de desconto real de 10% e perpetuidade real de 0%, para que o preço justo calculado pela fórmula do FCD seja igual ao atual, seria necessário que o lucro líquido anualizado dos últimos 12 meses cresça, nos próximos 3 anos, a uma taxa anual real média de 8,5%.

Como, nos últimos 12 meses, a taxa nominal de crescimento do lucro líquido foi negativa e considerando que não há margem de segurança, conclui-se que o ativo está caro!





Postar um comentário