Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

segunda-feira, 27 de março de 2017

EXCELLENCI (FEXC)


Recomendações
Compra: Ronimendes (fev/16)
Carteiras
disc126 (nov/16) - Fallas (mai/17) - harleyhr (ago/16, set/16) - mateuscampara (jan/16, fev/16mar/16) - nelsonnpires (jul/16, ago/16, mai/17) - pocunha (abr/16) - sidnei roberto (ago/15) - sobral30 (jan/16)
Balanços

Características

Links
      
337813  - Fallas  -  12 Mai 2017, 13:30
FEXC, com base no relatório de abril (https://fnet.bmfbovespa.com.br/fnet/publico/visualizarDocumento?id=12612), tinha 103,37 reais por cota em investimentos de renda fixa. Então, se vendesse tudo, excluindo os 6,14% do CRI da PDG, daria um lucro imediato de 7,8% pro cotista (6,24% depois do IR), considerando a cota de 90. Quanto mais tempo demorar pra isso acontecer, mais diluído fica o impacto de ter comprado com deságio: com duration de 4,16 sem a PDG, dá +1,46% a.a.

Quanto aos ativos em que investe (sempre sem PDG):
25,05% em CDI
2,64% em pré a 12,52%
59,72% em IGPM/IPCA + 7,72%

Com índices de inflação de 4%, CDI de 10%, a rentabilidade da carteira ex-PDG ficaria em 11,5% ao ano, e isso daria 11,16 por cota, menos 0,77 (0,75% entre taxa de administração e outras despesas, chutei com base nisso aqui https://fnet.bmfbovespa.com.br/fnet/publico/visualizarDocumento?id=10636) sobra 10,38: 11,53% de 90.

Se adicionar o deságio naqueles 4,16 anos, dá 13% a.a. em rentabilidade total (juros reais de 8,65%), considerando distribuições e variação na cota e já descontado o imposto de renda de 20% sobre o ganho de capital.

329638 - nelsonnpires -  08 Nov 2016, 21:51
Diminuição na renda por redução da inflação é algo que deveria ser comemorada, mas no caso específico em papéis serve para refletir a renda real que determinado FIF te proporciona, e nesse caso muitos investidores percebem que não era bem essa renda que eles imaginavam...

Muitos ficam na torcida mensal para saber o rendimento, seria mais simples olhar a carteira do fundo e estimar uma rentabilidade aproximada, ou pegar o passado do fundo e verificar a rentabilidade real descontando-se a inflação e somando-se rendimentos acruados. Garanto que boa pare dos cotistas não fazem essa analise e portanto não conseguem definir um prêmio justo para se investir em papeis ao invés de TD.

Não é só fexc11 com esse problema atualmente´, são todos em maior ou menor grau.

325104  - nelsonnpires  -  30 Jul 2016, 14:15
FEXC11B

PL = 101,95

Cota = 109,75 deveria ter descontado a renda de ontem, mas passou batido rs.

Ágio = 8%

Premissas

1- Inflação a LP 5%
2- Juros reais líquidos descontando taxas: Não calculei a carteira mas no olho deve rodar no máximo 7,5%

Resultado real na compra de cotas no secundário com ágio:

Efeito do ágio na inflação na renda real: 8% de 5% = 0,4% aa

Efeito do ágio nos juros: 8% de 7,5% = 0,6% aa

Efeito total do ágio = 0,4 x 0,6= 1,02% aa


Resultado= 7,5 - 1,02 = 6,48%

Quem investe nesse fundo com atual valor de cota recebe IPCA + 6,48% ao invés de IPCA + 7,5%, assumindo IPCA futuro de 5%.

Consideram o prêmio atual compatível ao risco?

Objetivo foi mostrar que o IPCA possui efeito neutro na renda quando cotas compradas pelo VP mas quando cotas compradas com ágio o efeito existe e não é neutro e tanto maior quanto for o ágio ou a inflação esperada.
Aqui que fica estranho, pessoal do papel torce por inflação alta e isso em geral reflete na cota, vai entender. Fundo de papel a principio deveria seguir a valorização dos TD indexados a inflação de duração próxima do duration do fundo.

Lembrando:
a- Assumimos inadimplência zero, será?
b- Assumimos que as taxas líquidas cheguem nesse patamar de 7,5%, na realidade julgo ser um pouco menos ( Fundo possui 29% do PL em RF e LCI)...

303366  - nelsonnpires  -  08 Ago 2015, 12:51
FEXC11B

Considerações:

1- Carteira:http://www.bmfbovespa.com.br/sig/FormConsultaPdfDocumentoFundos.asp?strSigla=FEXC&strData=2015-07-23T10:20:14.237

2- Melhor papel em termos de renda: 25 PDG Corporativo PDG jan-16 BB+ 4,50% CDIE 0,39 14.119.247,57 9,53%. Ele deixa de contribuir inicio de 2016.

3- LCI mais RF: Não informa a taxa mas devem ser a oferecidas por bancões, portanto renda real liquida muito similar ao CDI tributado. ( Possível se calcular a renda de maneira aproximada)

4- As últimas amortizações sendo destinadas a compra de LCI e RF, ou seja diminuindo CRI aumentando LCI

5- Carteira madura com inúmeros CRI's pagando taxas baixas e com duration longo.

6- Cota no secundário equivalente ao PL após o pagamento da última renda.

Opinião: Acho que o premio (juros reais) não compensa. Principalmente se compararmos a uma LCI de banco pequeno.

158985 - bommauricio -  02 Dez 2012, 04:23
Souza Barros passa a recomendar fundos imobiliários; veja carteira de dezembro
Ao todo, corretora indicou 6 fundos imobiliários para o último mês do ano
Por Gabriella D'Andréa 
|15h58 | 30-11-2012
a a a

SÃO PAULO – A corretora Souza Barros passou a recomendar uma carteira de fundos imobiliários para seus investidores. Em seu primeiro relatório, a corretora incluiu os fundos BTG Fundo de Fundos, BTG Pactual Fundo de CRI o Hotel Maxinvest, entre outros 3. Veja abaixo a carteira:

Confira a carteira recomendada para dezembro:
imóveis Souza Barros recomenda carteira de fundos imobiliários pela 1ª vez
Nome Código Peso
Fonte: Souza Barros 
BTG Fundo de Fundos BCFF11B 16%
BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 16%
BTG Pactual Fundo de CRI FEXC11B 16%
CSHG JHSF Prime Offices HGJH11 16%
Hotel Maxinvest HTMX11B 18%
Max Retail MAXR11B 18%

Saiba mais sobre os fundos:
[...]
BTG Pactual fundo de CRI (FEXC11B) : O FII BTG Pactual Fundo de CRI investe em empreendimentos imobiliários por meio da aquisição de certificados de recebíveis imobiliários (CRI), letras hipotecárias (LH) e Letras de crédito imobiliário (LCI), buscando rentabilidade anual de 105% do CDI.
[...]

157211 - small caps -  15 Nov 2012, 18:50
CSBC11

Para quem tem o fundo imobiliário CSBC11, boa notícia...

Os rendimentos dos próximos 2 meses serão bons... Teve um ganho na recompra de título por um dos agentes. Vide relatório de outubro:

https://www.cshg.com.br/site/publico/imob/imob5.seam

Portanto, apesar do IGPM negativo que provavelmente dará este mês... este fundo ainda vai render bem...

FEXC11B deve apanhar... VRTA11 também...

XPGA11 não muito... pois esta mais atrelado ao IPCA.

Nenhum comentário: