Veja os melhores Comentários do Forum do Small Caps
Escolha abaixo as ações que deseja consultar

quarta-feira, 29 de março de 2017

BC FFII CI (BCFF)


Recomendações
Venda: Barbado (jan/17)
Carteiras
acf3025 (jan/17) - ch3481 (jan/16, fev/16) - caiomarquese (jan/13) - frommars1 (dez/15) - harleyhr (ago/16, set/16) - izidoro (abr/17) - Jonas_Schwingel (fev/16mar/16abr/16mai/16jun/16jul/16,  ago/16set/16out/16nov/16, dez/16, jan/17fev/17) - LCrippa (dez/15) - mateuscampara (mar/16) - MuadibGV (jan/16) - rafnob (mai/18) - small caps (out/15fev/16, mar/16) - uqaz (out/15) - Utah100 (jan/17)
Balanços

Características

Links
      
336862  - Jonas_Schwingel  -  18 Abr 2017, 15:11
Seu comentário me fez lembrar que no início do mês eu estava esperando as cotas ficarem ex para encerrar posição. Então assim foi feito. Distribuí a grana em GRLV, AEFI, CTXT, FAED e FIIP.

Apesar de BCFF ser bem +/-, paguei bem barato, então foi um bom investimento. No preço atual achei mais vantagem realizar lucro e distribuir a grana em tijolos. A rentabilidade anual ponderada das compras, considerando ganho de capital + proventos, foi de 16,9%. As compras mais antigas eram de 2014 e as últimas do início de 2016. O ganho de capital foi isento de IR pois ainda não terminei de compensar o prejú de XTED. rs

Segue o barco.

336859  - MuadibGV   -  18 Abr 2017, 13:59
Bcff11b: foram subscritas 29 % do total de cotas disponíveis. Porcaria de fundo.

336459  - Jonas_Schwingel  -  05 Abr 2017, 16:52
Para quem tem BCFF12B e como eu não vai subscrever por achar que 70,50 está caro, hoje é o último para vender os direitos. Me informei com a Socopa e não há corretagem na venda dos direitos, que hoje estão subindo mais de 200%. Caso cobrarem, é só entrar em contato que eles tiram. Então mesmo tendo poucas unidades, é melhor transformar em grana do que deixar virar pó. Vendi os meus e o "presente" foi de 0,15 centavos por cota.

315896  - small caps   -  22 Jan 2016, 01:30
Sobre BCFF11B.

Como bem colocado, ele tem taxas de administração/gestão absurdas.

No último mês representou 16% das receitas... já teve meses perto dos 20%.

No entanto, seu valor patrimonial encerrou dezembro aos R$ 77,00. Este valor se obtém multiplicando o valor de mercado das participações que possui, conforme negociação em bolsa. Ou seja, já é o preço do secundário e não o preço de um lado de avaliação, nem sempre confiável.

Com a queda dos fundos este mês... e assumindo de forma pessimista uma perda de 8%... o valor patrimonial de BCFF estaria em R$ 71,00.

Ao negociar em R$ 51,00, o desconto atinge 28,2%. Ou, seria necessário um aumento de uns 40% para atingir as participações a mercado.

Assim, há um desconto "extra" de 12% sobre o valor das despesas do fundo... é uma margem de segurança interessante e em níveis historicamente altos... talvez o recorde.

DETALHE é que na euforia, chegou a negociar com um absurdo ágio de 30% sobre as participações...

277752  - small caps -  02 Out 2014, 13:03
Extraído do relatório do BCFF11B. Veja que as sardinhas continuam sendo fritas... agora em fogo baixo...:

"O mercado secundário de cotas de FII movimentou no mês de julho aproximadamente R$ 418 milhões, registrando uma alta significativa (+16,43%) perante o movimento realizado no mês anterior. No entanto, apesar da aparente recuperação o volume ficou 5% abaixo da média movimentada no 1º semestre do ano (R$ 440 milhões), por sua vez bem influenciada pelos meses de janeiro e fevereiro (que juntos movimentaram mais de R$ 1,1 bilhão). A quantidade de investidores na indústria apresentou nova queda (- 0,87%), totalizando um universo de 93.445 cotistas, o que significa queda acumulada de 8,1% do universo de investidores desde o início do ano.

O patamar de desvalorização das cotas a mercado frente ao respectivo valor patrimonial permanece na faixa de 19%, de forma que a indústria de FII continua apresentando boas oportunidades para investir. Nessa linha, a indústria encerrou o mês de julho com valor patrimonial de aproximadamente R$ 34,8 bilhões frente a um valor de mercado de R$ 28,3 bilhões, sem grandes oscilações frente ao mês anterior."

268302 - paulo_prof  - 17 Jul 2014, 02:18
O valor patrimonial corrente da BCFF11B é R$ 88,93. Em consequência, o preço de R$ 77,90 fornece P/VPA = 0,88.

A pergunta é: seria o desconto de aprox. 12% sobre o valor patrimonial (que é o valor de mercado dos ativos que compõem a carteira do fundo em 30JUN2014) um desconto justo? estaria o ativo barato ou caro?

Para facilitar a argumentação, suponha que 100% do patrimônio do BCFF sejam cotas de FIIs (na realidade, cotas de FIIs perfazem 83,24% do PL).

De acordo com o último relatório, de abril (aliás, aí já se começa a notar que o administrador não está nem ai com o cotista ... péssima governança ...) a receita operacional média mensal dos últimos 3 meses (jan, fev e mar) foi de aprox. R$3,453 milhões , ou R$ 0,82/cota.

Se vc tivesse os mesmos ativos da BCFF em carteira, esta seria a sua renda mensal, ou seja, aprox. 0,921% sobre o valor patrimonial.

Ocorre que uma grande parte da receita operacional média do BCFF é "carcomida" pelas taxas absurdas de administração e gestão. A despesa mensal média é de R$ 560 mil, ou R$ 0,133/cota. Ou seja, 16,2% do rendimento bruto é "surupiado" pelo "esperto" BTG Pactual ...

Se a gestão ativa deste fundo (compra e venda de ativos) efetivamente gerasse uma renda condizente para o cotista ... tudo bem ... mas nos últimos 3 meses o rendimento médio dos trades de compra/venda foi de apenas aprox. R$ 85 mil, ou R$ 0,02/cota.

Somando este rendimento de capital, ao rendimento operacional obtém-se aprox. R$ 0,84 cota. Deduzindo as despesas, entretanto, obtém-se não mais do que R$ 0,71/cota.

Dividindo estes R$ 0,71/cota pelos R$ 0,84 que seriam obtidos se o intermediário guloso (BCFF) fosse dispensado, obtém-se 84,5% !!!

Moral da história: consideradas as médias postadas nos 3 meses retratados no relatório de abril, o preço justo da BCFF11B seria menor do que o preço corrente ... Para que um P/VPA de 0,88 seja justificado, com alguma margem de segurança, o ganho mensal médio de capital teria que no mínimo triplicar (para R$ 0,06/cota) !!!

Noutras palavras, as taxas absurdas praticadas pelo BTG Pactual não se justificam ... a governança é ruim ... e aquela expertise esperada para a execução de trades vantajosos ao bolso do cotista parece ser um conto da carochinha ... paga-se muito caro por algo que de fato não é entregue !!!

166651 - ale1972sp -  08 Fev 2013, 18:18
Citação: rogeriortms
Eu não tenho BCFF11B, se entrar agora terei direito a subscrição? Ao preço de hoje, R$ 126,80, acham que é um bom negócio? Visando a futura subscrição? Ou a data com já passou e não teria mais direito?
O VPA segundo a ultima tabela do prof é 104,404
Se vc comprar a 126 estará pagando P/VPA = 1,20, então:
- o P/VPA tá meio caro
- o yield tem sido bom (média anual 10,02%)
- As despesas são altas
- Mas a gestão entrega resultado (eles compram e vendem FII´s, então a receita é composta de proventos mais ganho de capital)

To de olho no BCFF, mas
- ainda não tenho convicção que tenho direito a subscrição do HGCR11
- tenho bastante VRTA11
- tenho um pouco de MXRF11

Então p/ abrir mão da compra do HGCR, ou vender VRTA/MXRF, to exigindo uma oferta melhor do BCFF11 (mais barato, de 115 a 120)

164637 - Fabricio Bandeira -  26 Jan 2013, 22:25
Olá pessoal do small caps, mais uma oferta pública de cotas de FII.

O BCFF11B fará a sua 5a oferta a ser aprovada em assembléia de cotistas em 07/02/2012.

Gostaria de lembrar os foristas que a 4a emissão de cotas ocorreu em 2012 ao valor de R$100,00 e hoje as cotas são negociadas entre R$ 138,00 a R$142,00; portanto um belo ganho de capital.

A previsão de valor por cota da nova emissão está entre R$106,00 e R$110,00. Preços a serem definidos pelo valor patrimonial da cota na data da assembléia geral. Portanto para aqueles que estão à caça de novas oportunidades em FII fica a dica. Para os já cotistas, vale uma reserva dos direitos de subscrição com potencial significativo de ganho de capital.

Segue o material da Assembléia de Cotistas.
http://www.bmfbovespa.com.br/renda-variavel/download/BCFundos_240113A.pdf

163182 - tetzner - 11 Jan 2013, 17:59
[,,,]
BCFF11B: ideal para quem não quer stress e não tem tempo de acompanhar o mercado, vai comprando regularmente e deixa a gestão selecionar os fundos por você.

158985 - bommauricio -  02 Dez 2012, 04:23
Souza Barros passa a recomendar fundos imobiliários; veja carteira de dezembro
Ao todo, corretora indicou 6 fundos imobiliários para o último mês do ano
Por Gabriella D'Andréa 
|15h58 | 30-11-2012
a a a

SÃO PAULO – A corretora Souza Barros passou a recomendar uma carteira de fundos imobiliários para seus investidores. Em seu primeiro relatório, a corretora incluiu os fundos BTG Fundo de Fundos, BTG Pactual Fundo de CRI o Hotel Maxinvest, entre outros 3. Veja abaixo a carteira:

Confira a carteira recomendada para dezembro:
imóveis Souza Barros recomenda carteira de fundos imobiliários pela 1ª vez
Nome Código Peso
Fonte: Souza Barros 
BTG Fundo de Fundos BCFF11B 16%
BTG Pactual Corporate Office Fund BRCR11 16%
BTG Pactual Fundo de CRI FEXC11B 16%
CSHG JHSF Prime Offices HGJH11 16%
Hotel Maxinvest HTMX11B 18%
Max Retail MAXR11B 18%

Saiba mais sobre os fundos:

BTG Fundo de Fundos de FII (BCFF11B): BC Fundo de Fundos de Investimentos Imobiliários tem por objetivo primordial a aquisição de cotas de outros Fundos de Investimento Imobiliário, Certificados de Recebíveis Imobiliários (CRI), Letras Hipotecárias (LH), Letras de Crédito Imobiliário (LCI), ações ou cotas de sociedades cujo único propósito se enquadre entre as atividades permitidas aos Fundos de Investimentos Imobiliários e imóveis comerciais prontos ou em construção. O Fundo distribui rendimentos mensalmente, provenientes da composição de sua carteira e do ganho de capital com a venda de ativos integrantes do portfólio.
[...]

Nenhum comentário: